Saltar para o conteúdo

O velório de São João no Porto

26 Junho, 2020

Hoje no Observador, assinalo mais um comportamento de rebanho, ansioso e voluntariamente aderente a um suspender das mais básicas liberdades individuais e desejoso de proibições e orientações coercivas de comportamentos sociais por parte de quem tem poder.

Defendo que uma cidade intrínseca e historicamente desconfiada do poder estatal e das prepotências centralizadoras e em que gente de todas as classes sociais convive e desfruta do espaço público, não deve ser descaracterizada por festas hoje confinadas aos jardins das moradias da burguesia e aos condomínios fechados dos “afluentes”.

O texto completo está aqui.

Costa_RuiMoreira

 

12 comentários leave one →
  1. LTR permalink
    26 Junho, 2020 17:14

    “Defendo que uma cidade intrínseca e historicamente desconfiada do poder estatal e das prepotências centralizadoras”

    Quem está no Porto e vota neste garnizé de aviário depois dos 1500 milhões do QREN que foram roubados ao norte enquanto o rei estava a mandar em Lisboa e faz o mesmo depois de ele dar cabo da Red Bull Air Race nos termos mais do que documentados na net, não tem de que se queixar.

    Red Bull Air Race – O naufrágio de António Costa
    http://oreivaivestido.blogspot.com/2012/10/red-bull-air-race-o-naufragio-de.html

    O problema é que agora a ventoinha é muito maior e não a podemos desligar.

    Liked by 1 person

  2. Expatriado permalink
    26 Junho, 2020 17:16

    👏👏👏👏

    Gostar

  3. marão permalink
    26 Junho, 2020 17:17

    A ultima declaração do 1 M, sendo digna de umas valentes palmadas, merece figurar no top:
    Este Costa é um ponto.
    Conseguiu começar a palavrada apresentando indices positivos â pele, o que não bate certo com o agravamento das medidas anunciadas nos finalmentes.
    O homem sabe da phoda.

    Gostar

  4. peterblood850 permalink
    26 Junho, 2020 18:12

    Eu nisto estou com as femininistas…
    COVID: My body, my choice

    Liked by 2 people

  5. Expatriado permalink
    26 Junho, 2020 18:35

    30*C em Londres levou os “copinhos de leite” até à praia. Estiveram ao sol demasiado tempo…

    https://observador.pt/2020/06/26/policias-agredidos-quando-dispersavam-festa-ilegal-em-londres/

    O “bronze” profundo dá nisto.

    Gostar

  6. Jornaleca permalink
    26 Junho, 2020 18:53

    Eia pá.

    a. O jornal Observador vale pouco mais que um corno.

    b. Alguém no Porto quer transformar a cidade no breve futuro, no líder das energias verdes (energia muito, muito cara e insegura) e atingir as metas do “zero emissions”, de dióxido de carbono.

    Isso justifica já o velório. Porque, quem vai pelo cu da Merkel a cima, vai destruir muito e criar muita pobreza.

    Esses que apoiaram o 25 de Abril são e continuam a ser incultos, estragadores, e mal governadores.

    Liked by 1 person

  7. Filipe Bastos permalink
    26 Junho, 2020 19:13

    https://zap.aeiou.pt/mentira-costa-explodiu-temido-deixou-marcelo-incredulo-331981

    O costume: basta alguém contrariar o Costa, ainda que levemente, ou colocar em causa a propaganda onde ele é sempre o herói da fita, para vir ao de cima a sua natureza. Aquele velhote da campanha que o diga.

    O Costa faz-se de diplomata e conciliador, mas não deve haver déspota mais fingido e raivoso em toda a classe pulhítica. O problema é não ser contrariado; os merdia estão demasiado domesticados.

    Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      26 Junho, 2020 20:26

      “Aquele velhote da campanha que o diga.”

      Lembrei-me desse velhote quando o governo liderado pelo Costa decretou “dever cívico de confinamento” para 19 freguesias. Desta nem os Monty Python se lembravam.

      Gostar

    • Filipe Bastos permalink
      26 Junho, 2020 23:36

      Um pouco a norte, Zé, e uma semana depois de Reading, seis ‘seriously injured’ em Glasgow: atacados com uma faca, a lembrar a conversa do outro dia. Foi um tipo do Sudão.

      O Guardian nunca falha: lendo a notícia ficamos na dúvida se o atacante, sobre quem nada dizem, terá feito alguma coisa de mal. Toda a questão são as dificuldades dos ‘asylum seekers’ que, coitados, não estão muito confortáveis no hotel. Qualquer pessoa pegava numa faca e desatava a retalhar transeuntes.

      https://theguardian.com/uk-news/2020/jun/26/outreach-workers-shocked-by-attack-at-glasgow-hotel

      Ontem, no mesmo Guardian, os apelos de uma académica (indiana) de Cambridge: “White lives don’t matter” e “Abolish whiteness”. Assim mesmo. Ora adivinhe lá se o artigo tinha os comentários abertos ou fechados.

      Liked by 2 people

  8. 26 Junho, 2020 21:08

    Não consigo perceber o riso alarve dos dois idiotas lá de trás. O Kosta papa-os ( dêem ao verbo o sentido que mais vos agradar) como quer e eles ainda se riem?! Só pode ser masoquismo…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: