Saltar para o conteúdo

Dizem que é uma espécie de jornalismo

27 Junho, 2020

«Agentes da PSP receiam que haja colegas mais brandos com apoiantes do Chega se houver confrontos com antifascistas.» Vejamos um partido convoca uma manifestação e o risco é a polícia ser branda com os manifestantes desse partido? Mas porque não há-de a polícia ser branda? É só uma manifestação.

Será que vai acontecer nessa manifestação algo que obrigue a uma intervenção policial que não seja a corrente? E note-se que na passa semana o Expresso até fazia a apologia do zero intervenções policiais: Na “Zona Autónoma” de Seattle a polícia não manda, a comida é grátis e as ideias fluem escrevia-se por ali. Mas enfim Lisboa não é Seattle e aqui o Expresso não só admite a presença policial como teme que ela seja branda. Mas então voltemos ao que pode despoletar a intervenção mais ou menos branda da policia:  “se houver confrontos com antifascistas“. Mas quem são os antifascistas? Vão à manifestação do Chega?  Fazer o quê?

Se calhar o EXpresso devia ter começado por aí, pelo facto de saber que alguns grupos podem ir contestar a manifestação do Chega. Mas para  o Expresso a notícia não é esse facto mas sim a possibilidade de a polícia ser mais branda com os manifestantes do Chega do que com os grupos auto-designados antifascistas mesmo que estejam a fazer aquilo que os fascistas faziam: marcar presença intimidatória e muitas vezes violenta nas manifestações convocadas por outros.

Por fim temos  aquele  «na “manif” de André Ventura». A manif que por sinal é manifestação não é de uma pessoa mas sim de um partido cujo líder deve estar gratíssimo ao PCP, à CGTP e aos alegados anti-racistas que já fizeram as suas manifestações. Logo com Covid ou sem Covid criticar o Chega por estar a fazer uma manifestação tornou-se difícil. Pressuponho que  vamos passar a ter as manifes do Costa, do Jerónimo, da Catarina…?

Em resumo, não admira que as venda do Expresso estejam a abrandar. Para ler parvoíces destas vai-se ao Esquerda.net que é de borla e mais honesto.

 

40 comentários leave one →
  1. Maria José Melo permalink
    27 Junho, 2020 11:37

    Tem toda a razão! Que raio de “jornalismo”!
    Não concordo que haja manifestações nesta altura, mas percebo que, depois daquelas que já tiveram lugar, que o Chega também queira marcar a sua posição.
    Porque não pode o Chega ser tratado como os outros partidos? Partidos, alguns, que nada têm de democráticos…

    Liked by 8 people

  2. 27 Junho, 2020 12:17

    Há muitos, muitos anos (45? 47?), num assunto que me envolvia, descobri que o Expresso mentia. Todos os jornais podem mentir, ocasionalmente, por desleixo ou ignorância. Mas o Expresso, nesse assunto, mentia sabendo perfeitamente que estava a mentir. Percebi que distorcer a verdade fazia parte do ADN da folha. Desde aí nunca mais toquei no saquinho de plástico. Vou sabendo das tropelias do Expresso através de terceiros, como agora. E vou olhando com comiseração para quem se alimenta daquilo sentindo-se parte dos intelectualmente desenvolvidos. É que é mais dos intelectualmente manipulados…

    Liked by 2 people

  3. LTR permalink
    27 Junho, 2020 12:38

    Grande trabalho do EX-PEÇO. A fonte da “notécia-aviso” terá sido a luso lacinho, o consultor da ONU ou a fonte do Banif que até calhou bem para abater o défice de 2015? Ou como diria o PM a um velhinho ou a uma ministra, “É mentira! É mentira!”.

    Liked by 1 person

    • pmanuelp37 permalink
      27 Junho, 2020 20:08

      A fonte? Cá por mim cheira-me a pillow talk. Como é uma coisa escrita a duas mãos…

      Liked by 1 person

    • 28 Junho, 2020 09:43

      Cheira-me que a “fonte do Banif” prefere dar cachas ao seu amigo-tu que dirige a informação da TVI.

      Gostar

  4. 27 Junho, 2020 13:12

    Considerando que no CHAZ, em Seattle, já houve tiroteios entre pacíficos manifestantes anti-fascistas, detestando eu ter de dizer isto, por simples cedência à realidade, antes um ventura que dez Cocostas.

    Alguém tem de dizer aos ditadoidos do PeiÉsse que talvez, quando as pessoas que neles pensam votar hoje perceberem o que foi feito à economia, não tenham senão à sua espera muito ressentimento.

    Liked by 3 people

    • carlos rosa permalink
      27 Junho, 2020 14:27

      Eu digo aos ditadoidos do Peiésse,

      Foi você que pediu uma bancarrota?

      Liked by 1 person

    • 28 Junho, 2020 12:06

      Temos que ter a noção clara que não é com os “concerteiros” do PSD que se altera alguma coisa!
      É preciso uma Revolução completa!
      A começar por um Orçamente base zero para por tudo em causa!

      Liked by 1 person

  5. 27 Junho, 2020 15:33

    Não sejais cínicos, se o Espresso diz só pode ser verdade: o mais recente país do mundo é um “farol de esperança”!

    Gostar

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      27 Junho, 2020 20:34

      A URSS também era um farol de esperança.

      Mas a Ilha dos Canibais aconteceu lá.

      Ninguém pode mandar isto ao PCP e perguntar se o programa desses esbirros incorpora esta dieta radical?

      Liked by 2 people

      • 28 Junho, 2020 00:26

        Francisco, mas você não sabe que o verdadeiro marxismo ainda não foi experimentado?
        Se fosse eu a implementá-lo é que iam ver a Utopia…

        Gostar

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        28 Junho, 2020 09:10

        Diogo,

        Sempre foi esse o argumento utilizado pelos narcisistas e sobrestimados que se acham capazes de tudo e todos controlar. Se fosse Eu, se Eu estivesse no poder…

        E depois aconteceu o Chop, em Seattle, antigo CHAZ. Em duas semanas estavam aos tiros. A Soy-viet Union não conseguiu suster-se por um mês, apesar do apoio que tinha na imprensa escarralhada e na municipalidade.

        Ainda não é desta.

        Liked by 2 people

  6. chipamanine permalink
    27 Junho, 2020 16:21

    O Espesso o que faz aqui é dizer que sabe que há grupelhos violentos Antifa para provocar os manifestantes do Chega. E para quem não sabia, ficar a saber e engrossar as fileiras Antifa e desde já por contra a polícia. As “centrais” terroristas dos Antifa estão nos orgãos de comunicação social. Não é apenas o léxico ou a semântica supostamente usada de forma “inadvertida”. Ela é consciente e trabalhada para servir de comunicação com os “operacionais”.
    Muitos daqueles jornaleiros que escrevem estas pérolas seriam os primeiros a atirar pedras à polícia e a qualquer um que eles “identificam” como “fássistas”. Desde que não sejam Antifa são-no. A maioria deles não tem coragem e apenas cumprem a sua função de propaganda e comunicação para as bases.

    Liked by 3 people

    • carlos rosa permalink
      27 Junho, 2020 19:36

      E ainda meter medo a possíveis manifestantes que por isso faltem à manifestação.

      Gostar

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        27 Junho, 2020 20:28

        Para isso já tem o Cocosta a decretar que meia Lisboa fique em casa. À conta da tal pandemia que só mata de outras doenças (verdade, vejam de que morreu o acréscimo estatístico ao valor esperado de óbitos este ano).

        Liked by 2 people

      • 28 Junho, 2020 00:23

        Francisco, pode enviar um link para essa informação? Obrigado.

        Gostar

      • 28 Junho, 2020 12:11

        Continuo a dizer desde Abril(provas nos meus posts e publicações minhas no Facebook, que esta epidemia é um facke news politico apenas, destinado a favorecer a China e a esquerdalha na Europa.
        Contudo está descambar para a China e a começar a correr mal para a esquerdalha Europeia, porque ao seguir as fake da OMS e Guterres Pantanoso estão e vão apanhar uma “gripalhada” económica que só acaba quando a Direita toar o Poder e os varrer da Europa!

        Liked by 2 people

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        28 Junho, 2020 20:27

        Diogo,

        Do insuspeito de ser de direita Diário de Nãotícias (grafia intencional!):

        https://www.dn.pt/pais/morreram-mais-1255-pessoas-do-que-esperado-desde-o-inicio-da-pandemia-em-portugal-12098850.html

        Gostar

    • chipamanine permalink
      27 Junho, 2020 21:12

      E se querem ver o que uma FAKE é buscarem o telejornal da Chique (SIC)de ontem à noite, em que se afirmava a pés juntos , com direito a reportagem de um membro da familia que o o governo federal brasileiro (leia-se bolsonaro) pagava aos médicos/hospitais por cada morte covid
      Informação total e completamente mentira (desmentida pelo governo federal, pelos hospitais e pelos médicos no telejornal da RTP de hoje) reproduzida por aquele grande grupo militante chamado Rede Globo/Folha de S. Paulo que deve triliões ao fisco e corre o risco de por isso perder a licença

      Liked by 2 people

  7. lucklucky permalink
    27 Junho, 2020 19:00

    O Expresso e 90% do jornalismo português é esquerda.net

    Por isso é que digo: Jornalismo Marxista.

    Liked by 2 people

    • chipamanine permalink
      27 Junho, 2020 19:57

      Brigadas revolucionárias “intelectuais” que conduzem as “massas”. É no que eles se tornaram

      Liked by 3 people

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        27 Junho, 2020 20:32

        Eles conduzem as massas para os bolsos dos mesmos vermilhóides que passaram pela lixívia e descoloraram ligeiramente.

        Liked by 1 person

  8. carlos rosa permalink
    27 Junho, 2020 20:23

    O jornal “Público”, insuspeito, publicou o ranking das escolas portuguesas.
    Ganharam as privadas, logicamente. O Estado nunca é bom a fazer qq coisa. Para mais com a Esquerda a mandar nele, como acontece há 46 anos.
    É claro que vieram logo os esquerdalhos Mário Nogeira e Felino Lima ganir, ganir.
    É canalha desta que manda em Portugal.
    Para eles é preciso manter Portugal medíocre. O que é bom tem que ser denegrido.
    Pode ser que se lixem.
    CHEGA de pouca vergonha!

    Liked by 2 people

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      27 Junho, 2020 20:31

      Deixe-me dizer que o Chega aponta problemas, mas as soluções que metade do partido preconizam poderiam ser sugeridas pelo PCP e pelo BE. Talvez o André Ventura pense diferente, a julgar pelo que ouço dele. Mas o Chega nas próximas eleições não será só o André Ventura.

      Desafio-o a pegar às cegas as medidas dos programas eleitorais da Frente Nacional e do Partido Comunista Francês e me dizer qual é qual.

      Gostar

      • carlos rosa permalink
        27 Junho, 2020 23:12

        A mim não me interessa o que diz ou faz o PC francês ou a F Nacional francesa.
        Fazer comparações com o Chega é deixar-mo-nos guiar pelas diretrizes das ideologias. É fazer o jogo da reação, do marxismo, da miséria política instalada por que se guiam os políticos do sistema político maioritário no mundo atual.
        O maior valor que o CHEGA pode ter é não se deixar instrumentalizar por ideologias, por ideias pré concebidas, por balizas que nos amarram.
        Cada país é um caso. Portugal é o nosso caso ou devia ser.
        Se o CHEGA conseguir sempre a sua independência em relação aos partidos que se guiam por paradigmas pré definidos, tem um futuro garantido no Governo de Portugal.
        A princípio estranha-se, mas por fim entranha-se.
        Portugal tem um território próprio, um povo próprio e uma história própria. Se o CHEGA souber interpretar essa realidade, tem futuro e vai conseguir reduzir os outros partidos apenas aos seus dirigentes. Uma pequena minoria de pessoas que aparecem nas TVs a falar em nome do povo.
        Para Portugal voltar a ser uma nação respeitável e respeitada só pode seguir esse caminho, sem hesitações.
        Viva Portugal de Melgaço a Faro, de Elvas a Lisboa, da Madeira e dos Açores.

        Liked by 1 person

      • Jornaleca permalink
        28 Junho, 2020 02:44

        @carlos rosa

        Disseram-me, de fonte competente e credível, que Portugal teria outro destino, do que Espanha, França e a Alemanha ou a Itália ou o Reino Unido.

        Esperamos que assim seja. Eu desejo que sim.

        Gostar

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        28 Junho, 2020 09:21

        Jornaleca,

        Pode expor melhor o que afirmou? Estou interessado no que tem para dizer.

        Gostar

      • Jornaleca permalink
        28 Junho, 2020 11:57

        Caro @Francisco,

        disseram-me uns anos atrás, já lá vão alguns bons, talvez dez anos, que quase toda a Europa ocidental iria ser conquistada ou dominada pelos bárbaros muçulmanos, com a excepção de Portugal.

        [Falando em tendências, a um nível simples, sem aprofundar o grau de rigor e sem cortar e dividir cabelos humanos. Conquistar pode querer dizer, que a política, esses poucos, que agora andam a trair o povo, começam a obedecer às ordens de Ankara, por exemplo, em lugar de obedecer aos maçónicos, ao grupo dos Bilderbergers ou aos comunistas do ambiente.]

        Liked by 1 person

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        28 Junho, 2020 21:43

        Jornaleca,

        Os muçulmanos e os LGBT são peões na luta contra a Sociedade Ocidental, mais particularmente, contra o Cristianismo. O Cocosta já admitiu que pode cercear e limitar «a liberdade de culto na sua dimensão colectiva» (termo dele no decreto-lei do segundo estado de emergência).

        Pouco faltará até determinar limitar a liberdade de culto na sua dimensão individual.

        Quanto aos peões, eles sabem que facilmente se sacrificarão. A imprensa come da mão do dono e grita o que o dono sussurra. No momento em que os maometanos e os rabetas forem dispensáveis, sê-lo-ão.

        Não é a primeira vez que a imprensa comunista dá reviravoltas de cento e oitenta graus (ou 360° para o Tótó Cocosta). Pergunte ao PCP porque é que no seu sítio não tem nenhum Avante publicado entre o acordo Ribbentrop-Molotov e a Operação Barbarrossa.

        Liked by 1 person

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      28 Junho, 2020 09:20

      Carlos,

      Não ponho em causa a validade das ideias de Ventura. Mas o Partido não é só Ventura, ou certamente não o será quando eleger vinte deputados. Nesse dia teremos as Marine Le Pen de cá à pedir mercantilismo e o simples encerramento de fronteiras, contra o controlo apertado de emigração que preconizo.

      Ainda tem o problema de os Mários Machados em versão surrupiada e encapotada invadirem e desvirtuar em o Partido por dentro.

      O André Ventura tem afirmado a sua convicção no comércio livre e na liberdade económica. Faz bem. E tem mostrado que acredita nisso. A liberdade económica não é dissonante da defesa dos valores libertârios e judaico-cristãos. No entanto, tem a certeza de que não há por lá muito mercantilista á espera de levantar a cabeça?

      Gostar

      • carlos rosa permalink
        29 Junho, 2020 00:18

        O caminho faz-se caminhando.
        Capito?

        Liked by 1 person

      • 29 Junho, 2020 02:33

        Francisco, sem futurar nada, digo que no Chega quem vejo mais próximo do Ventura como economista é um seguidor da Escola Austríaca, logo de controlo do Estado na economia só tem as infraestruturas da Nação e, em paises como o Nosso, os sectores estratégicos: energia, comunicações, portos, aeroportos e pouco mais.

        Gostar

  9. André Silva permalink
    27 Junho, 2020 20:53

    O meu comentário rejeitado no “Observador”:
    “Infelizmente também o André Ventura – uma das mais inteligentes e perspicazes personagens políticas portuguesas – caiu na armadilha da Esquerda. NUNCA em liberdade e democracia (esses demónios para a Esquerda) deveremos ter de justificar os nossos actos (excepto em Tribunal) e ainda menos os nossos pensamentos. NUNCA deveremos ter de fazer demonstrações de virtude, em especial quando nem sequer é virtude e ainda menos a alguém, como a Esquerda, que NADA tem de virtuoso para mostrar e por isso nada tem o direito de exigir.”
    Se é assim no “Observador” imagine-se no resto da comunicação social.

    Liked by 1 person

    • Jornaleca permalink
      27 Junho, 2020 21:34

      Não é preciso imaginação, há milhares, milhões de provas empíricas.

      A esquerda odeia a liberdade de expressão dos outros. São como as crianças malvadas nas escolas. Eles gostam de bater nos outros, mas temem a vingança.

      O CHEGA é importante, necessário, mas a luta vai ser árdua, difícil, como se pode ver em França, na Alemanha, em Itália, ou nos EUA por exemplo. O adversário, a esquerda ,é falso, criminoso, assassino, e anda já a destruir as regras do estado.

      Eles mudam as regras sempre só a favor deles, como se viu estes dias, através do tribunal europeu em Luxemburgo, em relação à Hungria. O tribunal europeu não tem competência nenhuma de se intrometer em casos nacionais, mas eles fazem-o de qualquer maneira. Isto vai terminar muito mal. Muito!!

      Liked by 2 people

    • Duarte de Aviz permalink
      28 Junho, 2020 00:46

      Não estou totalmente de acordo consigo.
      Ventura precisa de criar e consolidar a sua militância e atrair simpatizantes para as eleições que se avisinham. A grande mensagem da manifestação de hoje foi para o PSD que nunca atingirá a maioria absoluta sem a direita que votava no PSD e vai votar no Chega.
      Esse é o drama de Rio. O PSD tem 3 meses para mudar o discurso e retomar a liderança da direita, também na rua. A menos que Rio esteja realmente resignado a ser ministro de Kosta.

      Gostar

  10. Jorge MR permalink
    27 Junho, 2020 22:39

    Mas quem é que ainda compra o Espesso? Só algum tolo ou amigo da firma Costa/Marcelo-sa.
    Quanto à manif, do que vi foi uns arruaceiros pretos e larilas a serem provocatorios como sempre, e com esses é que a polícia devia não ser mansa.

    Gostar

  11. Desalinhado permalink
    28 Junho, 2020 08:29

    Tem toda a razão a dona Helena. Nas outras manifestações da esquerda e da pretalhada, se a polícia intervém para manter a ordem é condenada por excesso de brutalidade, agora na manifestação organizada pelo CHEGA, chega-se ao desplante de se recear que a polícia possa ser branda de mais em eventuais conflitos.
    A intenção nítida do Expresso foi a de criar uma atmosfera propícia para haver confrontações nesta manifestação, mas ao contrário dos seus desejos tudo correu dentro da normalidade, já a presença de muitos apoiantes do CHEGA é que os teria irritado de sobremaneira.
    Não conheço os jornalistas Hugo Franco e Liliana Coelho que escreveram este disparate, provavelmente serão escribas da nova geração perdida, que na ausência de neurónios na cabeça, preferem obedecer a tudo aquilo que lhe mandam fazer, engrossando assim o esgoto por onde chafurdam estes caceteiros da notícia.

    Liked by 2 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: