Saltar para o conteúdo

Está tudo a correr MUITO bem

31 Julho, 2020
Carneirada,
Tenho aqui uma coisa para pensarem enquanto intervalam as refeições de palha que vos dão diariamente na comunicação social.
O Pedro Almeida Vieira tem feito um trabalho notável de rastreio de números e sua análise. O gráfico abaixo é dele e é claro. Tão claro que o pulhígrafo vai descobrir que a fonte da letra está imprecisa, ou algo do género, o que retirará credibilidade às análises do Pedro Almeida Vieira. Portanto, vai porventura ser uma notícia falsa.
Pois…mas ou o homem compilou mal os números ou isto merece ser muito bem analisado.
Aqui vai, para pessoas com QI acima de macaco. Portanto, é fácil, podem crer.
A linha que limita superiormente o VERDE representa quantas pessoas, em média de 2009 a 2019, morreram naqueles dias (o dia está no eixo horizontal que vai desde 1 de Março de cada ano até 29 de Julho). É notório que a mortalidade média diária tende a descer à medida que o ano avança para a primavera e depois para o verão. De cerca de 350/dia para cerca de 260/dia, assim a olho nu. Entendidos? Ok. Muito bem. Sabem ler um gráfico.
Agora atenção, meus mémés, a linha que limita superiormente o VERMELHO representa as mortes naqueles dias durante este ano, sendo observável que, por estranho que pareça, está a morrer sensivelmente tanta gente agora como em Março. A isto chama-se “excesso de mortalidade”. Entenderam? Não vejo como não.
Pensarão vocês, foi o vírus!!! O malandro. E faz sentido pensarem assim, mémézinhos, faz sentido mesmo. Mas não…não foi.
Muita atenção… agora ponham os óculos, por favor.
A linha que limita superiormente o AMARELO representa as mortes por COVID naqueles dias durante este ano. Conseguem ver, carneirada? Não? Ponham os óculos. Agora sim? Sim? Que pequeniiiiiiina, não é?
Agora perguntem à Dra. Desgraça por quais razões está a morrer tanta gente. Talvez, digo eu que sou básico, porque foram adiadas 3 milhões de consultas e 93.000 cirurgias? Ou seja, porque se matou formigas com bazucas que queimaram tudo à volta?
Isto é, se a área a vermelho é o excesso de mortos e a área a amarelo são os mortes por covid, sendo esta relativamente pequena, temos que começar a dizer (pelo menos a colocar a hipótese) que as medidas associadas ao ataque ao covid mataram muito mais gente do que as mortes devido a covid. E depois há ainda a economia que está um brinquinho.
Está a correr tudo bem, não está?covid
82 comentários leave one →
  1. 31 Julho, 2020 18:59

    Tem a sua bestialidade toda a razão e o que diz já foi denunciado por muitos profissionais de saúde. Quanto ao epíteto de carneiros… um fracasso como gracinha e posso propor-lhe que vá chamar carneiro ao seu tio mais coxo…

    Atenciosamente,
    Raposo Tavares

    Liked by 2 people

    • carlos rosa permalink
      1 Agosto, 2020 12:33

      O Sr Alexandre Mota tem toda a razão. Ele está a escrever para todos lerem mas não se refere certamente a todos, embora eu admita que se dirija a muitos.
      Só enfia o barrete quem quer. Parvoíce.

      Gostar

  2. carlos rosa permalink
    31 Julho, 2020 19:28

    Mais um desastre. Descarrila um comboio.
    O Diabo vai dar as condolências às vítimas e o Pedro Nuno Santos vai ao local dar um jeitinho com a mão esquerda para endireitar a carruagem.
    Vai ficar tudo bem.

    Liked by 1 person

    • MJRB permalink
      31 Julho, 2020 20:03

      Isso !
      Ouvi o patético PNSantos, pareceu-me atarantado, medíocre.
      O MCThomaz não teve reação melhor, oportunista, tipo “papi” dos tugas.

      Liked by 1 person

    • lucklucky permalink
      1 Agosto, 2020 15:23

      Podem esperar mais desastres de comboios, prédios a cair e outros do género dentro de umas décadas tal o caminho da “educação” cultural Marxista.

      Liked by 1 person

  3. 31 Julho, 2020 19:34

    Este gráfico é a comprovação inequívoca de que a missão dos hospitais privados não é acorrer às necessidades de cuidados de saúde dos portugueses, mas sim, O LUCRO.
    Também prova que este país não é uma Venezuela ou uma Coreia do Norte (como se diz por aqui às vezes…). Se fosse, o governo teria requisitado civilmente os hospitais privados, obrigando-os a cumprir a missão que dizem ter.

    Gostar

    • chipamanine permalink
      31 Julho, 2020 22:04

      Mas alguma vez lhe disseram que os hospitais privados eram para socorrer as necessidades de saúde “dos portugueses” (como um todo?)? Quem foi que lhe disse isso? Terá sido vc na sua imaginação que pensou isso?
      Os hospitais privados foram criados para as “elites” que podem pagar e para aqueles a quem o estado comparticipa fortemente…caso da fp, pois caso estes se socorressem do SNS ele implodia.
      O LUCRO ainda não é crime em nenhum sector de actividade mas o prejuízo, o défice deveria ser
      É que o défice (prejuízo) para vc continuar a manter alguma actividade (seja ela qual for) só é possível com o dinheiro que não é seu…pedindo a outros. E até quando “os outros” lhe vão dar dinheiro para vc poder continuar a actividade?
      O estado recusou comparticipar quase toda a actividade no caso do covid , posta à disposição pelos privados.Preferiu gastar o dobro no público, com os efeitos colaterais que o gráfico mostra e que são responsabilidade da SAÙDE PÚBLICA.
      Portanto e apesar de vc querer inverter o ónus, o excesso de mortalidade é responsabilidade do ESTADO e não de qualquer particular tanto na saúde como em outra actividade qualquer.
      Ainda não é a Venezuela mas pelo visto vc gostaria que fosse, pelo que presumo que que vc vá emigrar para lá rapidamente para usufruir dos belos serviços públicos de saúde por lá prestados sempre a dar prejuízo

      Liked by 4 people

      • Manuel Galvã0 permalink
        31 Julho, 2020 23:16

        Esta malta não entende que para haver lucro tem que haver clientes e tem que haver economia. Duas coisas que vão pelo cano se, nos grandes desastres, não se unirem os esforços dos bombeiros públicos com os bombeiros privados.
        O Reino Unido, os EUA, o Brasil, etc. foram nesse engodo de que os hospitais eram para servir quem tivesse dinheiro para pagar as contas (e que contas…) e em breve deixarão de ter clientes e até não encontrarão com facilidade empregados de limpeza para continuarem a exercer a atividade…

        Gostar

      • João Silva permalink
        1 Agosto, 2020 07:51

        Desde o primeiro mês desta coisa que também sigo esses números. A certa altura comecei a tentar estimar mortalidades em função das médias aparadas desse decénio. Uma desgraça. Esse gráfico mostra bem que algo está profundamente errado em tudo isto é que estamos a olhar para os sítios errados. O cisma grisalho era na época de Passos & Cia, mas quer-me parecer que os verdadeiros mata-velhos são estes senhores que nos desgovernam. A parte da carneirada dispensava-se, o humor funciona bem quando bem aplicado.

        Liked by 1 person

      • Zé Manel Tonto permalink
        1 Agosto, 2020 08:17

        João Silva,
        Se desde o início que olha para estes números, e percebeu que há algo errado, então o carneirada não é para si.

        É para aqueles que acham que isto é muito perigoso, e matou muita gente. E esses são carneirada.

        Liked by 1 person

      • José Santos permalink
        3 Agosto, 2020 17:16

        Os fp descontam 3,5% para a ADSE e todos os outros impostos iguais aos privados…

        Gostar

    • 31 Julho, 2020 22:19

      O gráfico também reflete que quem tem ADSE não tem razão de queixa, que vai ficar tudo bem, não vem aí austeridade e até se prevêem aumentos.

      Liked by 1 person

      • chipamanine permalink
        1 Agosto, 2020 11:15

        Escusava de dar uma “machada” tão certeira e tão profunda hahahha. Mas não se esqueça que eles são os eleitores preferidos …mais as suas belas famílias….e o socialismo fica assegurado

        Liked by 2 people

      • José Santos permalink
        3 Agosto, 2020 17:18

        Quem tem ADSE desconta 3,5% e todos os outros impostos iguais ao setor privado. Sou fp e tomara que acabassem com a ADSE. Tinha um aumento de 3,5% no ordenado…

        Gostar

    • Olympus Mons permalink
      31 Julho, 2020 22:55

      Ppppoooorrrrrraaaaaa!!!

      Liked by 1 person

    • lucklucky permalink
      1 Agosto, 2020 15:29

      “Este gráfico é a comprovação inequívoca de que a missão dos hospitais privados não é acorrer às necessidades de cuidados de saúde dos portugueses, mas sim, O LUCRO.”

      Para começar é o lucro que fez curar a maior parte das doenças.

      Depois até parece que não há lucro no publico.
      Mais, para um marxista burro, queres pagar ordenado mínimo a médicos e funcinários?

      Pior, tu queres ter lucro do trabalho dos outros.

      PS: E para tua educação uma consulta com ADSE no privado é muitas vezes mais barata que no teu querido SNS.

      Liked by 1 person

  4. 31 Julho, 2020 19:40

    A conclusão é a mesma, mas aqui tem outros gráficos com separação do excesso de mortalidade por distrito, por idades e por local do óbito.

    https://covid19pt.github.io/covid-19-pt/covid-mortalidade/

    Gostar

  5. MJRBht permalink
    31 Julho, 2020 19:43

    Parece que há
    autores de posts em blogs bastante participados (vou ao Blasfémias e só ocasionalmente a mais dois ou três) “seniors” ou raramente participantes (é o caso deste Mota), que pensam que os leitores e eventuais comentadores são estúpidos, burros, gente bonivizável. Sentem-se manobradores, referenciáveis, “famosos” — alguém que lhes faça o teste psiquiátrico.
    Lido o primeiro parágrafo deste post, desinteressei-me logo por entender o resto. O pixote AMota tem de crescer muito, parece alimentado a palha ou com McDonald’s.

    O Blasfémias está a ficar propositadamente tendencioso, sectário, desinteressante, censório e esquecível (foram bons anos até finais de 2000…), não só por causa deste autoconvencido AMota. RIP ?

    Gostar

    • MJRB permalink
      31 Julho, 2020 19:51

      No momento em que publiquei o meu comentário surgiu imediatamente a vossa nota para me “moderar”.
      Não serão ex-maoistas/comunistas (novos “donos” do Blasfémias) ou fedelhos entretanto nascidos, que me darão lições de liberdade, de pensamento.
      Tenham juízo !

      Gostar

  6. MJRB permalink
    31 Julho, 2020 19:58

    Oh !, dois meus comentários foram eliminados no memento em que os coloquei !
    Censura. Tadinha, tadinho.
    Assim se vai por um lado criando um blog tendencioso, manobrador, e simultaneamente…autodestruindo-se.
    Blasfémias, RIP

    Liked by 1 person

  7. A. R permalink
    31 Julho, 2020 21:46

    O lockdown foi um Win Win para os políticos: puderam fazer tudo o que quiseram e atribuíram as culpas ao Covid.

    Liked by 3 people

  8. A. R permalink
    31 Julho, 2020 21:52

    “Este gráfico é a comprovação inequívoca de que a missão dos hospitais privados não é acorrer às necessidades de cuidados de saúde dos portugueses, mas sim, O LUCRO.”

    ?????

    Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      31 Julho, 2020 22:56

      Eu vou tentar explicar. Esta gente funciona apenas com um hemisfério cerebral. Algures nele forma uma idiotice. Como não consegue fazer a ligação com o outro hemisfério ele passa a supor que aquela idiotice que ele próprio criou é uma verdade “insuflamável”
      Nesse hemisfério ele tem vários ódios e qualquer coisa serve para os por em cima da mesa. O ódio ao privado, ao lucro, e a tudo quanto mexe que não seja controlado pelo paizinho estado que ele supõe ser divino e por isso o único capaz de fazer bem ao povo.
      Vai daí ele extrapola …a idiotice ressalta nas bordas do hemisfério, faz ricochete e quando volta ele já vai nos hospitais privados. Nem reparou que o que está em causa é um excesso de mortalidade, porque isso não lhe interessa e passa a ser secundário em relação aos ódios que ele tem que verter.
      É um processo quase esquizofrénico na sua fase mais adiantada. As substâncias com THC tem um efeito parecido no cérebro. Eu diria que é um THC ideológico.
      De outra forma como se pode compreender?

      Liked by 1 person

  9. 31 Julho, 2020 22:57

    Quem é este animal que convidaram para o Blasfémias?

    Liked by 2 people

    • MJRB permalink
      31 Julho, 2020 23:47

      No meu primeiro bitaite eliminado pelo pixote Alexandre (editado só durante segundos), manifestei o meu desinteresse em ler para além do primeiro parágrafo, porque insultuoso a todos.
      O Alex deve sentir-se vedeta, famoso entre a sua família “cibernética” e outra, qualquer que seja.

      Zazie,
      óptimo por (nestes dias pandémicos) dar sinal de Vida !

      Liked by 2 people

      • Alexandre Mota permalink
        1 Agosto, 2020 11:53

        o pixote Alexandre não eliminou qualquer comentário ou insulto.

        Liked by 1 person

      • MJRB permalink
        1 Agosto, 2020 14:29

        Então quem é que eliminou os meus dois comentários (duraram três, quatro segundos) colocados ontem ? Foi o vento ?

        Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        1 Agosto, 2020 15:11

        MJRB, plataformas como esta utilizam o WordPress que por si só já é uma imensa porcaria sem os plugins que o tornam ainda pior. Não sei porque é que o Blasfémias ainda utiliza este incidente nuclear. Mas a verdade é que os seus comentários removidos, e meus e de outros, são resultado de bugs no software. Muito em especial do plugin que oferece a caixa de comentários do WordPress. Acontece a si e a muita boa gente aqui como em qualquer outro blog. Felizmente não é comum de todo.

        Liked by 1 person

      • MJRB permalink
        2 Agosto, 2020 02:54

        Mário Figueiredo
        e
        Alexandre Mota,
        acreditem que pouco, mesmo muito pouco percebo do mundo na net e tais.
        Grato pela sua informação e se for o caso, desculpe-me o AMota — mas não retiro a minha observação como iniciou o seu post.

        Gostar

      • 2 Agosto, 2020 12:45

        Na família de gorilas, acredito que deve ser famoso.

        Gostar

      • Alexandre Mota permalink
        5 Agosto, 2020 14:39

        MJRB,
        Já detetei os seus comentários, que estavam pendentes junto com uma série de outros. Aprovei tudo.

        Gostar

    • José Furtado permalink
      1 Agosto, 2020 04:30

      É alguém que, ao contrário da senhora, não faz a apologia da pedofilia nas caixas de comentários do Porta da Loja a coberto do anonimato. Nem se vai gabar de que agora vai ganhar muito mais, quando milhares de portugueses perderam o emprego e passam fome. Chama de animal a um homem, quando não passa de uma criatura medíocre, que vive do tacho que conseguiu na academia medíocre sem ter investigação nem publicações que justfiquem o salário ou o linguajar ordinário com que infesta todo o lugar onde passa. Criatura malvada e nojenta, que se excita com a miséria alheia.

      Gostar

  10. Olympus Mons permalink
    31 Julho, 2020 23:50

    Não gosto desta análise do Alexandre Mota.
    O raciocínio dos Libertarians, ou seja Bloco de esquerda invertido, deixa-me sempre confuso….!

    O que estamos a dizer mesmo?

    a. Se fossemos a la Suécia então teríamos passado de 170 mortes por milhão para 550 mortes por milhão, ou seja ao invés de cerca de 11 mortes em média diária teríamos passado para 37, mais 21 de covid por dia (mais quase 4000 pessoas mortas).

    b. Mas seriamos mesmo a Suécia? O nosso SNS é assim tão bom? Claro que não. Seriamos a bélgica, com sorte, ou seja mais 6400 mortos até agora, 53 mortos por dia?!!?.

    c. Que teríamos ganho? Com este aumento de casos e mortos, onde ia tratar as pessoas à mesma? Ou está a dizer que quem tivesse covid era recusado apoio médico para dar lugar a consultar e tratamentos de outras doenças? … Ao final do dia não teria muitos mais mortos por covid, e na mesma muitos mais mortes de outras causas tal como aconteceu?

    d. Que teríamos ganho em ser dos piores do mundo? Acha que ajudava o nosso turismo ser dos piores? Acha que a nossa economia estaria melhor?

    Mas que está, mesmo, a dizer o Alexandre Mota?

    ….

    Como gajo de direita e não um libertarian apoiante do aborto, eutanásias, drogas etc, digo só o seguinte:
    Nós humanos chegámos até aqui porque perante situações equivalentes sempre optamos por atuar de forma moral, eticamente deontológica e não de forma Descartiana e utilitária! – Esse é o livro Erro de Descarte do nosso Damásio, que Portugal não aprende porque a esquerda e os libertarian académicos e idiotas o detestam, enfim , que prova que pessoas com lesões no cérebro que os tornam utilitarian parecem normais mas deixam de conseguir “sobreviver”….

    Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      1 Agosto, 2020 08:30

      “Nós humanos chegámos até aqui porque perante situações equivalentes sempre optamos por atuar de forma moral, eticamente deontológica”

      Acha mesmo Olympus?
      As pandemias de 1957 e 1968 mataram mais, tanto em número absoluto, como em percentagem da população (o Mundo tinha 2/3 dos habitantes).
      Não houve estas medidas ditatoriais e este pânico sem sentido.

      Diferenças:
      -não havia estado social para manter mais de metade da população em casa, a receber salário sem trabalhar.
      -as pessoas nos países que não eram ditaduras nunca aceitariam este tipo de medidas. Ainda se dava algum valor à liberdade.
      -não havia redes sociais onde qualquer galinha sem cabeça pode correr em pânico e dizer os disparates que lhe apetecer.
      -os jornalistas não tinha passado meia duzia de anos a serem formatados em ideias esquerdistas numa coisa a que se convenciona chamar curso superior.

      Dos vários pontos que enumerei, o primeiro e o terceiro são, para mim, os principais culpados. Há muita gente em pânico, que não quer sair de casa, e que está a ganhar mais sentada no sofá que a trabalhar.

      Liked by 3 people

      • 1 Agosto, 2020 15:07

        👏👏

        Gostar

      • 5 Agosto, 2020 17:35

        Completamente de acordo Ze Manel cada vez menos Tonto.
        O Vírus é o Pânico provocado para evitar que o colapso económico seja da esquerdalha, PS incluído, mas parecer ser por causa do Vírus Chinês da Gripe do Ano (acronimo VCGA), isto é em esquerdalhês: Vamos CeGÁ-los com uma pandemia!

        Gostar

  11. 1 Agosto, 2020 05:51

    Meu caro, em relação ao epíteto, recomendo-lhe que se refira de tal modo á sua pouco recomendável mãezinha que em má hora se decidiu a seguir uma perigosa profissão que resultou nesse aborto com dedos.

    Em segundo lugar, agradeço a partilha da informação que é sempre bem vinda.

    Gostar

  12. Perigoso Neoliberal permalink
    1 Agosto, 2020 06:11

    O que o autor quer dizer não sei. Eu sei o que disse logo que isto começou nos idos de fevereiro/março. Tivéssemos tomado todas as medidas razoáveis que podiam ser tomadas em vez do fechatudoficaemcasa e não estaríamos com a economia em frangalhos como estamos agora, com as consequências em vidas humanas que aparentemente já estamos a ter e que não ficarão por aqui. Mas isto sou eu, um “libertarian” (que não defende “aborto, eutanásia, drogas etc.” à lá gardere como alguns que não sabem o que é libertário imaginam) para quem as pessoas que morrem por causa da doença valem tanto como as que morrem por causa da “cura”.

    Liked by 1 person

  13. Alex.soares permalink
    1 Agosto, 2020 06:59

    Muito bem, tanto carneiro a enfiar a carapuça.
    Por favor, não eliminem o meu comentário, senão venho aqui dizer que não gosto mais de vossemecês.
    Xptomjk, RIP-FAC.
    ZAZIE-RENIE.

    Gostar

  14. Carlos Guerreiro permalink
    1 Agosto, 2020 09:10

    Existe outra explicação para a discrepância entre os mortos Covid e o total de mortos no mesmo periodo, criar o “milagre português”.
    Em Espanha, com comunicação social a sério, falam em 50mil mortos, o Sanchez milagreiro diz que são 28mil (e que salvou 400mil…). Num fim de semana limpou 2mil mortos (diz que estavam mal classificados…).
    Numa pandemia (epidemia) o número de mortos calcula-se no final, na diferença para a média de mortos em igual periodo dos anos anteriores, não por diagnósticos feitos de causa de morte.
    Voltando ao Sanchez ele só considera morte por Covid quem morreu com teste positivo para Covid-19, o que limpa das estatísticas todos os idosos que morreram nos lares sem terem feito análises, embora tivessem clinica e Rx compatível com Covid-19 (e até a certidão de óbito tinha como causa Covid-19).
    O vermelho do gráfico corresponde à vergonha do branqueamento que os governos estão a fazer das mortes por Covid-19).

    Gostar

    • Sérgio Gonçalves permalink
      1 Agosto, 2020 09:59

      Será mesmo assim? Ou será que agora morre-se mais porque não há cuidados para o que não é covid? Não é claro para mim qual dos motivos está por detrás desta mortandade.

      Liked by 3 people

      • chipamanine permalink
        1 Agosto, 2020 11:23

        Essa foi a intenção socialista/podemista em esconder os números dos óbitos covid. Exactamente para depois poderem dizer que “não é claro”. Foi para isso que já faz mais de seis semanas o socialismo espanhol deixou de dar números. Uma coisa é certa. As regiões autónomas mandavam os seus números e o governo manobrava-os sistemáticamente para menos. Assim tipo aquela estória do “milagre português” que só foi contada aos saloios tugas

        Liked by 1 person

    • 5 Agosto, 2020 17:39

      Não Carlos o vírus é soft, quando for um a sério vai ver a diferença.

      Gostar

  15. Carlos Santos permalink
    1 Agosto, 2020 10:04

    A realidade está sempre a surpreender. Quem estuda muito é surpreendido muitas vezes. Quem estuda imenso é surpreendido imensas vezes. Por mais esmagadora que seja a evidência de uma nova descoberta, o grande cientista tem um medo congénito de mandar tocar a fanfarra pois aquilo que parece óbvio e esmagador num momento, rapidamente pode ficar irrelevante com uma nova descoberta. O tom todos deste artigo mostra que o autor não estuda imenso, não estuda muito, de facto não estuda nada. Escusava emoldurar um gráfico numa tal demonstração de boçalidade.

    Gostar

  16. Mario Figueiredo permalink
    1 Agosto, 2020 10:47

    Eu não quero comentar o estilo do texto. Não vejo qual o problema. A tentativa de ironia é óbvia e, mesmo se mal conseguida, não deveria ofender quem todos os dias se insurge contra a massa dos ofendidos. Ponto.

    Mas uma coisa sei. Não se misturam médias com dados concretos. Ou seja, é um erro básico de 1ª classe, próprio da carneirada com QI abaixo de macacos, sobrepor uma curva média anual com uma curva anual para concluir que nos andam a esconder coisas.

    Este gráfico que pretende questionar os dados da DGS é tão ou mais desonesto como provavelmente são os resultados que todos os dias a DGS põe cá para fora. Este espaço merece melhor. O Blasfémias não é isto.

    Liked by 1 person

    • Alexandre Mota permalink
      1 Agosto, 2020 11:52

      Mário Figueiredo, explique lá porquê, então. Posso usar médias sim. Posso usar médias + 1 ou dois desvios padrões. O que é óbvio é isto: a área a vermelho está acima da área a verde. Quer dizer que há um persistente excesso de mortalidade. Não sei as razões, mas há. E olhe que tenho bem mais que a 1ª classe. Se quiser discutir estatística comigo, força.

      Gostar

    • Alexandre Mota permalink
      1 Agosto, 2020 12:03

      Já agora veja aqui, já que quer estatística comigo:
      https://noscornosdacovid.blogspot.com/2020/07/do-calor-que-desgraca-ainda-mais-uma.html

      Gostar

    • Mario Figueiredo permalink
      1 Agosto, 2020 13:24

      Você está a pedir-me para lhe explicar numa caixa de comentário conceitos básicos de tratamento estatístico após ter vindo para aqui com um gráfico destes? Era só o que me faltava! Nem me parece que lhe faria bem algum. Você está tão convencido do que quer demonstrar aqui, que obviamente razão e o método cientifico já há muito o abandonaram.

      É o problema do costume. Confundir dados, com informação, com conhecimento. O tal de Pedro Almeida Vieira (não conheço, e agora não quero conhecer) apresenta apenas dados. E depois, sem qualquer outro expediente salta de imediato para a conclusão. A pseudociência é tal que não se distingue de uma qualquer gráfico martelado pelos nossos governos para fazer valer uma qualquer narrativa do momento. Não se distingue dos que pretende contrariar.

      Não se preocupa por exemplo em observar os valores anuais para perceber se existem outros anos com picos semelhantes, ou seja, se isto são apenas valores normais.
      Muito menos procura estudar os reconhecidos e mais do que documentados padrões cíclicos de mortalidade e perceber se estamos por coincidência a passar pela curva ascendente de um desses ciclos.
      Menos ainda se debruça sobre a escala do gráfico para perceber que a área vermelha representa não mais do que 10% da área verde e portanto bem dentro dos limites aceitáveis para uma curva de mortalidade.
      E nada de estudar as causas. Será a área vermelha maioritariamente mortes causadas pelo Covid-19 não reportadas? Como evoluiu a taxa de suicídio em Portugal neste período? Qual é o breakdown das causas de morte durante este período?

      Na realidade, a única coisa que o que o gráfico mostra é que o Pedro Almeida Vieira deveria deixar de fazer gráficos e você devia deixar de falar sobre eles. Desampare a loja.

      Liked by 2 people

      • chipamanine permalink
        1 Agosto, 2020 14:03

        É assim como o aquecimento global neh? Com três dias “acima da média”.

        Liked by 1 person

      • Pedro Almeida Vieira permalink
        1 Agosto, 2020 18:53

        Mário Fernando, o meu sentimento é recíproco: como já tenho 50 anos e vivi esses 50 anos feliz sem o conhecer, também viverei os próximos sem ter esse encontro (que seria desagrdável para ambos, certamente). Em todo o caso, adianto-lhe que o gráfico que usei é uma simplificação de uma análise estatística mais elaborada (e que entra em conta com intervalos de confiança) e enquandra-se em muitíssimas análises que tenho feito ao longo destes meses… Vossa Excelência não deve entender muito de curvas de mortalidade,e sobretudo da sua evolução ao longo dos meses num país como Portugal, onde as médias e desvio-padrão são muito distintas de mês para mês.Sobre a área vermelha ser não mais do que 10%, tiro-lhe o chapéu á perspicácia: na verdade, representa apenas 9,4% da área verde. A chatice é que isso representa 6.139 caixões! Por fim, aconselho-o a respirar fundo e ir então consultar o que tenho escrito… e deixe-se de postas de pescada armado em carapau de corrida. Agradecido.

        Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        5 Agosto, 2020 23:31

        50 anos já os fiz também. Se quiser podemos trocar currículos a seguir. Também temos ali muito em comum. Portanto percebe tanto de postas de pescada como eu, seu carapau de corrida. Entretanto as perguntas que lhe fiz ficaram por responder. A tal da análise “estatística mais elaborada” está aonde? Certamente não a encontrei no seu blog. Deve ser tão misteriosa como as conclusões que diz tirar de de um aumento de 9.4% na taxa de mortalidade no período em causa. Estudou acaso o que representam esses 9,4%? Quantos desses devem ser eliminados e não podem realmente ser atribuídos a falhas no apoio médico? Não me parece que se tenha preocupado a fazer perguntas antes de se por a dar respostas, porque sobre este assunto você não tem umas palavra a dizer. E acaso olhou para outros anos e nunca encontrou semelhantes desvios? Não interessa descobrir, certo?… Mas continue a encher-nos a todos com a sua graça.

        Gostar

      • 2 Agosto, 2020 12:43

        Completamente.
        Esta besta ainda por cima é ignorante.

        Liked by 1 person

      • Blitzkrieg permalink
        3 Agosto, 2020 16:01

        O gráfico mostra que existe uma discrepância muito significativa este ano, e que precisamos de questionar o Governo sobre isso. Só você é que insiste em querer que o gráfico mostre as razões quando ele efectivamente só pretende mostrar a discrepância. Quer conhecer as razões? Peça-as à DGS. Está no seu direito, como português. Isto é um blog, não é o INE, não é a DGS, não é nenhum jornal online.

        Gostar

      • Alexandre Mota permalink
        5 Agosto, 2020 10:13

        Mário Figueiredo,
        Coloquei a hipótese de que soubesse do que estava a falar ao sugerir-me mais rigor. Eis senão quando esbarrei com o excerto abaixo do seu comentário e lamentei o tempo que perdi ao ler a sua prosápia. “Menos ainda se debruça sobre a escala do gráfico para perceber que a área vermelha representa não mais do que 10% da área verde e portanto bem dentro dos limites aceitáveis para uma curva de mortalidade.”
        Ó homem, se é esse o seu rigor, pode crer que eu desamparo a loja com todo o gosto para que possa ficar aqui a debitar alarvidades para gáudio da malcriada de serviço. Passe bem (ou mal, tanto me dá).

        Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        5 Agosto, 2020 23:35

        Hehe, parece que enervei os dois cromos. O sr. estatístico e a sua varina. Passem bem.

        Gostar

    • lucklucky permalink
      1 Agosto, 2020 15:48

      @Mário Figueiredo

      Como é que se pode calcular excesso sem fazer uma média do passado para eliminar anos espúrios? Excesso é sempre relativo a outro valor.

      A uma média do passado neste caso a 10 anos.Quando muito pode dizer que os últimos 5 anos ou últimos 3 é mais representativo.

      E o excesso demonstrado é muito maior que as mortes do COVID, O seu contra-argumento de que pode haver muitas mortes escondidas de COVID não colhe no momento.

      Você teria de demonstrar que de uma dezena de mortos COVID num dia de Julho por exemplo ou seja mais de 10 x mais. Possível ? com a imbecilidade das autoridades até diria que sim mas provável pouco.

      PS: basta ver o euromomo para perceber a manipulação política do COVID Houve muito mais mortes no passado.

      Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        1 Agosto, 2020 16:10

        Lucklucky, ao contrário do autor eu não procuro explicar o número de mortes com a ajuda daquele gráfico.

        Acho que deixei bem claro no meu último post que aquele gráfico não explica nada. É apenas uma aglomeração de dados. É tão desonesto como a manipulação politica que diz combater. Não é assim que vamos lá.

        Liked by 1 person

      • Zé Manel Tonto permalink
        1 Agosto, 2020 17:48

        Mario,

        O gráfico não é desonesto, nem deixa de ser. Como diz o lucklucky, só existe excesso de mortalidade se comparado com alguma coisa.

        Coisas no gráfico que não me chocam:

        Há periodos na linha vermelha do gráfico que acompanham a curva verde, e podiam indicar que é apenas um ano com mais mortes, mas com comportamento típico (3 primeiras semanas de Maio e 2 primeiras de Junho).

        Mesmo no máximo das mortes covid, morreram 50 por covid, para um total de 100 acima da média. Se a média é 300, e este fosse um ano em que morriam mais que a média mesmo sem covid, eu não estranho 100 acima da média.

        Mas há aqui alguma coisa que não cheira bem:

        O que é que aconteceu no fim de Maio, início de Junho? Aquele pico é muito estranho.

        Como é que, chegados a Julho, há 125 mortos acima da média de 275, com mortos covid quase a zero?

        Eu não me parece que estejam a morrer de covid. Estão a morrer de quê?

        Gostar

      • Pedro Almeida Vieira permalink
        1 Agosto, 2020 19:02

        Zé Manuel Tonto, o pico de mortalidade em finais de Maio está relacionado com um aumento de temperatura (nem sei se se poderá considerar como onda de calor, pois o Índice Ícaro, do IPMA, embora positivo não foi muito elevado). Também houve relação entre tempo mais quente em Julho e a mortalidade, A minha interpretação: a debilidade da população idosa aumentou pelo que eventos meteorológicos estão a excerbar a mortalidade (que chegou aos 400 óbitos em certos dia), mas que mesmo com temperaturas amenas tem ultrapassado sistematicamente os 300 óbitos, quando a média é de 265 (com o limite superior do intervalo de confiança de 280). O mês de Julho terminou com uma mortalidade média diária de 33, ou seja, 20% acima do limite superior expectável.

        Gostar

  17. Alexandre Mota permalink
    1 Agosto, 2020 11:46

    Bom dia,
    Nos poucos posts que fiz no Blasfémias nunca comentei comentários aos meus posts. Faço-o desta vez por uma razão: Não é verdade que tenha eliminado qualquer comentário. Nem eu nem ninguém do Blasfémias. Se algum comentário não passou, poderá haver razões externas para que tal tenha acontecido
    Aproveito para recomendar, porque me esqueci de o fazer no post, o blog https://noscornosdacovid.blogspot.com/, no qual podem seguir análises sérias sobre o tema do artigo. Recomendo especialmente àqueles que, por razões várias, são pouco dados a entender ou encaixar sarcasmo.

    Liked by 1 person

    • Loira permalink
      1 Agosto, 2020 15:12

      Caro autor, como é que os números, os dados, são validados em Portugal, por favor?

      Como é que as tais “autoridades” sabem, que alguém faleceu, morreu devido ao vírus (Covid-19)?

      Só uma autópsia é que pode dar a certeza necessária. Eles fazem autópsias a cada um, que faleceu devido ao vírus? Não acredito.

      Então podemos dar por certo, que é tudo uma grande vigarice. Certo?

      Os dados oficiais não valem um corno, um tostão.

      [x tentativa]

      Gostar

    • Loira com tetas boas permalink
      1 Agosto, 2020 23:16

      Caro autor, como é que os números, os dados, são validados em Portugal, por favor?

      Como é que as tais “autoridades” sabem, que alguém faleceu, morreu devido ao vírus (Covid-19)?

      Só uma autópsia é que pode dar a certeza necessária. Eles fazem autópsias a cada um, que faleceu devido ao vírus? Não acredito.

      Então podemos dar por certo, que é tudo uma grande vigarice. Certo?

      Os dados oficiais não valem um corno, um tostão.

      [x tentativa]

      Liked by 1 person

  18. Andre Miguel permalink
    1 Agosto, 2020 12:32

    Espero que todos aqueles que apoiaram a prisao domiciliária, perdao quarentena, desfrutem da monumental queda do PIB e da desgraça que aí vem… Todos os que fomos contra eramos fascistas, cientoinos, libertontos e outros mimos.
    Pois que vos faça proveito.

    Liked by 1 person

    • Zé Manel Tonto permalink
      1 Agosto, 2020 17:56

      Eu já desisti. Limito-me a preparar-me para o colapso. A maioria das pessoas não merece o esforço de lhes explicar seja o que for.

      Tive conhecidos que diziam, sem perceber a estupidez do que estavam a dizer, que se devia fechar tudo, nem que fosse para salvar uma vida.
      Claro que quando lhes sugeri que se proibisse o álcool, porque de certeza que se iria salvar mais que uma vida, não concordaram.

      Lixar o emprego dos outros, tudo bem, não beber umas jolas, já não pode ser.

      Liked by 1 person

  19. ATAV permalink
    1 Agosto, 2020 15:05

    Um artigo que começa com a variante portuguesa do “WAKE UP SHEEPLE!” é sempre apetecível.

    Talvez o Alexandre Mota devesse ir para o meio da rua com um chapéu de alumínio gritar aos transeuntes. Tendo em conta a retórica escolhida creio que seria o meio de comunicação mais adequado para ele passar a mensagem.

    Gostar

    • Oscar Maximo permalink
      1 Agosto, 2020 15:25

      As pessoas a quem se dirige se calhar não estão aqui, mas o que conta é a intenção. Mas o mais engraçado é que quaisquer que sejam as explicações ou culpa, o Costa safa-se, não apesar, mas por causa disto.

      Gostar

    • lucklucky permalink
      1 Agosto, 2020 15:50

      “Um artigo que começa com a variante portuguesa do “WAKE UP SHEEPLE!” é sempre apetecível.”

      O euromomo está aí para demonstrar a mentira em que você acredita.

      Gostar

      • ATAV permalink
        1 Agosto, 2020 16:19

        lucklucky

        Euromomo? Você acredita nessa ferramenta de socialistas/globalistas? MALDITOS SOCIALISTAS!!!!!!! ARGHHHHHHHHHHHH!!!

        E que “mentira” que eu acredito é que se está a referir? Relembre-me que eu esqueço-me facilmente.

        Que as alterações climáticas são reais?
        A austeridade expansionista não funciona?
        Que a teoria da evolução é ciência e o criacionismo é treta?
        Ou será que o politicamente correcto, marxismo cultural e a ideologia de género são conceitos inventados por choninhas que gostam de vilipendiar os outros mas não aguentam levar o troco na mesma moeda?

        Gostar

      • lucklucky permalink
        1 Agosto, 2020 21:35

        “E que “mentira” que eu acredito é que se está a referir?”

        Vá lá comparar os mortos de 2016 com os de 2020 em Portugal.
        Mas como sabemos os mortos não interessam à esquerda.

        “Que as alterações climáticas são reais?”

        A demonstrar o Newspeak que a esquerda tanto gosta, agora já não é aquecimento global . Tinha um problema podia ser falsificado.

        O que justifica o Aquecimento Global é Marxismo cultural. O Aquecimento Global é um instrumento para controlo Totalitário como vários dos seus proponentes vieram declarar.

        Para o mostrar o teu nível marxo-criacionista se isto fosse hoje estarias a palrar em “alterações climáticas”
        https://en.wikipedia.org/wiki/Saint_Marcellus%27s_flood

        Gostar

      • ATAV permalink
        1 Agosto, 2020 23:55

        lucklucky

        “Vá lá comparar os mortos de 2016 com os de 2020 em Portugal.”

        Comparar metade de 2020 com a totalidade de 2016? Já agora, tem a noção que em 2020 há uma pandemia e que foi imposta uma quarentena de 3 meses para a atenuar?

        “Mas como sabemos os mortos não interessam à esquerda.”

        “Pandemia? Pffff… Doa a quem doer a economia tem que permanecer aberta.” Quem foi que disse isto? Os comunas não foi?

        “A demonstrar o Newspeak que a esquerda tanto gosta, agora já não é aquecimento global .”

        Leu o resumo do “1984” e agora não se cala com isso. Se tivesse chegado à parte dos memory holes teria feito uma referência mais jeitosa. Já agora, os cientistas há muito que utilizam a expressão “alterações climáticas” ou semelhante, mas a comunicação social referia apenas uma parte disso, o aquecimento global. E foi assim que a coisa ficou conhecida pelo grande público.

        “Tinha um problema podia ser falsificado.”

        É preciso mais que uma frase feita para se compreender o método científico.

        “O que justifica o Aquecimento Global é Marxismo cultural. O Aquecimento Global é um instrumento para controlo Totalitário como vários dos seus proponentes vieram declarar.”

        MALDITOS SOCIALISTAS!!! ARGHHHHH!!!!

        “Para o mostrar o teu nível marxo-criacionista se isto fosse hoje estarias a palrar em “alterações climáticas”
        https://en.wikipedia.org/wiki/Saint_Marcellus%27s_flood

        Claro! E estes também.
        https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_flood_myths
        https://en.wikipedia.org/wiki/Genesis_flood_narrative

        Raio dos marxistas culturais! Não perdem uma oportunidade! Os sacanas! ARGHHHHHH!!!!

        Liked by 1 person

  20. Anonimo permalink
    1 Agosto, 2020 16:15

    Uma vergonha, segundo este gráfico (https://i.postimg.cc/Jz6d2Cn2/Screenshot-20200801-160835-Firefox-Beta.png) que a comunicação social não mostra o COVID já esteve muito activo em Agosto de 2018, Janeiro de 2019 e Janeiro deste ano. Uma vergonha o que nos escondem!

    Gostar

  21. Manel Z permalink
    1 Agosto, 2020 20:27

    Alexandre, porque não consideras a hipótese da mortalidade real por Covid-19 estar bem acima dos números oficiais reportados pela DGS?

    A taxa de mortalidade de faltar à consulta é um conceito inventado agora para justificar a narrativa anti-lockdown? Qual é o valor histórico da taxa de mortalidade de faltar à consulta?

    3 milhões de consultas adiadas entre Março e Maio, 2 mil mortos por explicar em Julho, dá 0,067% se for tudo atribuído a essa causa.

    A taxa oficial de mortalidade por Covid-19 em Portugal está nos 3-4%. Pelo contrário, se essa mortalidade em excesso for atribuida ao Covid-19, ficaremos uma taxa de mortalidade de 8% – um valor próximo da estatística em Espanha, por exemplo.

    Não encontras pessoa mais liberal que eu, mas isto já cansa. Vocês andam com a mesma narrativa desde Março, querem justificar medidas tomadas em Março com informação que só apareceu em Julho.

    Os efeitos a longo-prazo do Covid-19 não são conhecidos, haja prudência.

    Liked by 2 people

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      4 Agosto, 2020 08:41

      Fique em casa. Provavelmente tem o salário a 100%.

      O resto, como eu, tem de trabalhar.

      Gostar

  22. Armando Pinto permalink
    2 Agosto, 2020 09:16

    Posso deduzir que as medidas antiCovid19 estão a dar bons resultados. Ou tudo o que está a ser feito não tem consequências?

    Gostar

  23. Nuno permalink
    2 Agosto, 2020 12:43

    Carneirada é quem vai atrás destes gráficos. Uma coisa é saber ler um gráfico, outra coisa é saber interpretar o que se lê. Como é que se pode analisar o valor da mortalidade por COVID19 se esse próprio valor está influenciado pelas medidas de prevenção tomadas? esta análise só seria válida num pais sem medidas de contenção, para perceber a curva. Então tudo o que se passou em Espanha, em Itália, em NY, no Brasil (já a caminho dos 100.000 mortos), é tudo inventado? Para dados a sério sobre excesso de mortalidade vs. COVID19 pode consultar: https://ourworldindata.org/excess-mortality-covid

    Gostar

  24. Vasco Silveira permalink
    2 Agosto, 2020 13:12

    Caro Senhor
    Lamentavelmente, ao tentar ler o seu texto aconteceu-me o mesmo do que há algum tempo atrás, ao ler um do Sr Santos , Ministro dos Transportes.
    Não consegui passar das primeira linhas em ambos: no caso do Sr. Santos foi a incapacidade de um raciocínio escorreito e compreensível; no seu caso foi a sua grosseria que mo impediu.
    Recomendava-lhe uma ida para o campo, para praticar esse discurso pastoril. Mas arranje um cão, porque as ovelhas ficariam a olhar para si com o mesmo desinteresse que o meu.

    Cumprimentos

    Vasco Silveira

    Gostar

  25. Leonel permalink
    2 Agosto, 2020 20:45

    Olá Susana.
    Gostei muito do post sobre a PANTOMINIA e estou de acordo com essa análise.
    De facto não era necessário usar a BASUCA.
    Fiz uma análise semelhante com base nos dados oficias (INR e SNS) e cheguei às mesmas conclusões.
    Um abraço do MÉMÉ MAXIMO.

    Gostar

  26. LTR permalink
    3 Agosto, 2020 12:36

    Caros mortos,

    A única explicação que encontro para o investimento público que no Grande Porto se tem estado a fazer na área que tratou dos vossos enterros e/ou cremações é o mais baixo preço do gás e das sacholas no mercado internacional, mas se houver melhor sugestão, aceita-se.

    As sugestões podem ser enviadas para qualquer portal que aí em cima ou aí em baixo (conforme o caso) sirva de base.

    Gostar

  27. 3 Agosto, 2020 22:40

    Vamos mas é votar no Chega e acabar com esta bagunça!

    Liked by 1 person

Trackbacks

  1. A PIDE anda por aí. | BLASFÉMIAS

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: