Saltar para o conteúdo

A PIDE anda por aí.

4 Agosto, 2020

A propósito do uso de máscaras ao ar livre (sim, ao ar livre!), cresce um movimento pidesco, uma espécie de segunda vaga do mesmo movimento que vigiava quem ousava por o pé fora por alturas do confinamento. Eles contam quem anda ou não de máscara; especulam sobre os direitos de uns e outros quanto ao uso dos recursos dos hospitais; eles sugerem porrada e até, não tardará muito, prisão. A Madeira dá o mau exemplo, pois, mesmo sem qualquer óbito registado devido a Covid-19, obriga ao uso de máscara na via pública. A Madeira, meus senhores! Que génios se lembraram disto? Não foi o Alberto João Jardim, honra lhe seja feita, pois ele já denunciou a palhaçada.

Entretanto, o secretário de estado da saúde emocionou-se com o facto de termos tido o primeiro dia sem óbitos devido a Covid-19. Lamentavelmente, esqueceu-se que o mês de Julho foi o mais mortal dos últimos 12 anos, conforme noticiou hoje o Público e conforme tem divulgado o Pedro Almeida Vieira no seu https://noscornosdacovid.blogspot.com/.

A esse propósito, no meu último post https://blasfemias.net/2020/07/31/esta-tudo-a-correr-muito-bem/  usei o trabalho do Pedro Almeida Vieira para divulgar uma verdade evidente: há excesso de mortalidade que não se deve ao vírus. Levantei a hipótese dos adiamentos de consultas e cirurgias terem causado parte desse excesso. É exatamente o que alguns especialistas citados hoje pelo Público referem e é o que responsáveis de saúde vão dizendo em surdina.

Nota final: Nos comentários ao meu último post, alguns observaram, com alguma razão, que o gráfico mostrava médias e que isso poderia dar uma ideia errónea do excesso de mortalidade. Ao visitarem o blog do Pedro Almeida Vieira poderão encontrar outras métricas, sendo que os números de Julho rebentam com qualquer intervalo de confiança. Portanto, a mortalidade de Julho é muitíssimo excessiva, sem margem para dúvidas, pelo que o gráfico apresentado no último post é bem ilustrativo do problema.

 

49 comentários leave one →
  1. 4 Agosto, 2020 11:33

    «Levantei a hipótese dos adiamentos de consultas e cirurgias terem causado parte desse excesso. É exatamente o que alguns especialistas citados hoje pelo Público referem e é o que responsáveis de saúde vão dizendo em surdina.»
    Não sei se a citação supra é outro sarcasmo…
    Não sendo um sarcasmo é um erro. Muitos médicos denunciaram já a falta de recursos do SNS para atender às necessidades da população.
    O bastonário da ordem dos médicos não tarda está rouco de o repetir…

    Googlando ‘bastonário da ordem dos médicos’ e abrindo ‘notícias’ obtem-se a profusão de declarações e de alertas que linko:

    https://www.google.com/search?q=bastonario+da+ordem+dos+m%C3%A9dicos&source=lnms&tbm=nws&sa=X&ved=2ahUKEwiIp9f4q4HrAhWy6uAKHVMtAhQQ_AUoAnoECAwQBA&biw=1366&bih=625

    Como se vê, há meses que o homem diz o que a casa está a gastar, melhor, a desperdiçar e a malbaratar.

    Liked by 1 person

  2. Weltenbummler permalink
    4 Agosto, 2020 11:34

    os nativos com finados

    Gostar

  3. Zé Manel Tonto permalink
    4 Agosto, 2020 12:55

    “especulam sobre os direitos de uns e outros quanto ao uso dos recursos dos hospitais”

    Era o que faltava se um controleiro que paga menos em impostos que aquilo que usufrui do Estado fosse atendido, e alguém que não se verga a estes ditadorzecos, e paga muito mais que o que recebe, ficasse à porta, porque não usa mascarilha.

    Liked by 1 person

    • 4 Agosto, 2020 13:13

      Quem usa ‘mascarilha’ defende mais os outros de si, do que se defende. Trata-se de uma atitude cidadã. Entretanto, parece-me que o Zé Manel acha que quem paga impostos não deve ser obrigado a usar ‘mascarilhas’.

      Zé Manuel, garanto-lhe que não quero concluir que ache que quem paga impostos pode contaminar toda a gente (outros pagadores de impostos, crianças, velhos…). Outra coisa diferente é o Zé achar que os seus impostos não devem servir para alimentar vícios, parasitas, vigaristas, controleiros ociosos e quejandos. Aí concordo consigo…

      Liked by 1 person

      • Zé Manel Tonto permalink
        4 Agosto, 2020 17:02

        Antes da atitude cidadã de usar máscara, gostava que o resto da sociedade tivesse a atitude cidadã de ficar em casa se tem medo do virus, e me deixar fazer a minha vida em paz.

        Quando os outros me querem tirar a liberdade, eu quero que os outros vão passear.

        Perderam a minha boa vontade quando mandaram fechar tudo.

        Liked by 1 person

      • 4 Agosto, 2020 18:55

        Ficar em casa se tem medo, o caralho, pascácio imbecil egotista.
        Há coisas básicas que se chamam cautela, prevenção, respeito pelo próximo.

        V.s, os negacionistas, são uma cambada de hipócritas armados em “místicos contemptus mundi” , quando não passam de uns idiotas protegidos nos popós e a mandar os outros morrer.

        Pró caralho! Vai morrer longe!

        Gostar

      • 4 Agosto, 2020 18:57

        A coisa mais imbecil é o uso do chavão medo, como se o que vendessem fosse a vida quando é mesmo a morte.

        Para os outros, claro. Para eles querem o “direito a andar de fuça destapada e a contaminar quem não foge deles e se tranca em casa.

        É apanharem com a merda e ganirem forte e feio que é o que mais merecem.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        4 Agosto, 2020 20:04

        “A coisa mais imbecil é o uso do chavão medo”

        50% dos mortos, para além de terem mais de 80 anos, têm 3 dos factores de risco.
        Para pessoas saudáveis abaixo dos 60 anos, é mais provável morrer atropelado.

        Sim, exigir máscaras, estar tudo fechado em casa, querer confinamentos é estar borrado de medo do que as Karens do facebook bolsam, do qual a Zazie é digna representante.

        Já reparou que perante as pandemias de gripe de 1957 e 1968, que mataram mais que o corona, num mundo com 2/3 da população, não houve nada disto?

        Desliguem a televisão, apaguem o facebook, e vão ver que o medo acaba.

        Gostar

      • 4 Agosto, 2020 20:17

        Mas olhe que as imagens de máscaras durante a ‘gripe espanhola são mais que muitas…
        Quanto ao uso continuado e um poucichinho abusivo que faz da expressão medo, devo dizer-lhe que na bolsa, ouço-a vezes de mais aos iniciantes e a coisa acaba sempre mal para quem a profere.

        Caro amigo, como todas as coisas importantes da vida, a coragem não se atira para a rua às mãos cheias, não se desbarata nem se desbarata…. A coragem, tal como todos os bens escassos, usa-se com critério, e não se desperdiça em situações que apenas exigem bom senso…

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        4 Agosto, 2020 20:28

        raposo,

        A gripe Espanhola matou 5% da população mundial.

        O corona, se as piores previsões do fulano do Imperial College, que tem um longo histórico de falhar previsões, se concretizassem, morria 0,5% da população mundial.

        Até agora, nem 0,015% da população mundial morreu.

        O uso que faço da expressão medo parece-me apropriado.

        Querer fechar tudo, impor todo o tipo de limitações à liberdade individual, por uma coisa que mata 0,015% da população mundial?

        Isso é medo. E nem sequer é um medo com qualquer tipo de fundamento.

        Gostar

      • Iletrado permalink
        4 Agosto, 2020 20:54

        Caro raposotavaresbolsaemercados
        Atitude cidadã e respeito pelo próximo era proibir a produção, comercialização e consumo do tabaco. As doenças associadas ao tabaco matam mais pessoas por dia que as pessoas que já morreram por causa desta estirpe gripal.
        Atitude cidadã e respeito pelo próximo era proibir a produção, comercialização e utilização de viaturas automóveis que utilizassem combustível dito fóssil. As doenças associadas à poluição automóvel matam mais pessoas por dia que as pessoas que já morreram por causa desta estirpe gripal.
        Defender os outros de mim é uma idéia que só pode ocorrer a quem é doente. Como é que se protege os outros de pessoas saudáveis? A não ser que alguém acredite que uma pessoa saudável infecte uma pessoa doente com salubridade. Não me admirava, com o imbecil colectivo tudo é possível…
        Quem quiser andar com a focinheira, que ande. Não chateie os outros. A máscara utilizada na rua não me protege nem te protege. É um placebo, é uma idéia inventada por quem tem a ilusão de que controla a vida. Talvez as pessoas percebam a fraude quando, apesar de usarem máscara, não conseguirem evitar as costumeiras gripes de Inverno. Alguns conhecidos, que passaram a utilizar máscara para tudo desde que elas surgiram no mercado, acabaram por se constipar no fim de Junho. Nada como um banho de realidade para as pessoas perceberem que são mortais.
        Boas pedaladas.

        Liked by 1 person

      • 4 Agosto, 2020 21:16

        Zé Manuel, aceito que tivesse havido alguma histeria coletiva e algum assarapantamento face ao Covid, especialmente nos primeiros tempos (março, abril…). E houve disparates, Disparates da parte de quem quis preservar tudo e todos de toda a gente, como da parte daqueles que procuraram a ‘imunidade de grupo’.
        Se é verdade que estes últimos estão a braços com uma mortalidade medonha na sua população, também é verdade que aparecem agora surtos estranhíssimos em países que tinham conseguido suster a doença…
        Assim, se a Coreia do Sul, por exemplo, tem estranhos surtos, também é bom acompanhar o que se tem passado no UK de há uns 3 ou 4 dias para cá à volta de um artigo publicado no Daily Telegraph em que se fala das 36 horas que obrigaram o Boris Johnson a travar a fundo e a resguardar a sua população um pouco mais…

        Vai daí que me parece que é tão necessário travar o confinamento nos moldes em que o praticámos em março, como devemos fugir do exemplo brasileiro e norte-americano…

        Amigo Iletrado, as máscaras não são um placebo.
        Quanto às energias fósseis, concordo consigo… Mas atenção: numa perspectiva estritamente ecologista não é eficaz substituir a energia fóssil pelo lítio, nem apostar em bicicletas de bambu para fazer entregas de bilhas de gás.

        Comedimento, ou, como dizia o outro, ‘nada em excesso’.

        Gostar

      • 4 Agosto, 2020 21:46

        Sou representante de quê, palhaço?
        Sou representante de quem sempre saiu à rua, nunca deixou de trabalhar e nem carro tem.

        É disso que sou representante e tenho pó à tara a imitar o desejo do Além de quem parece que detesta a vida e anda cá à espera da melhor oportunidade para sofrer, ficar doente e quilhar.

        Se há detalhe que nunca me permitiu chegar mais próximo do catolicismo é mesmo esse.

        Eu tenho o sentido da vida no sentido Nietzscheano. Que nada tem a ver com caprichos de betos neotontos a queixarem-se de merdas de protecção contra a doença e a mandarem trancar-se em casa quem vive e deixa viver e respeita a vida e desrespeita a hipocrisia da acédia.

        Gostar

      • 4 Agosto, 2020 21:51

        Sou representante de mim mesma. De mais nada. Não imito ninguém nem sigo chavões.

        Informei-me, protegi-me com máscara que já me servia de protecção durante os últimos 3 anos que tive de acompanhar familiar em hospitais.

        Sei o que é a doença e não lhe acho piada alguma.

        Pertenço a grupo de risco por problema de treta que não me afecta em nada, nem me impede de andar 15 kms num dia ou usar bicicleta para o trabalho.

        Mas, para viver, eu e muito mais gente, precisa de evitar infecções. Coisa simples. Sem Covid já era assim, nem uma mera infecção dentária posso ter, como muito mais pessoas por muitíssimas outras razões.

        Com Covid o contágio é maior, o problema é maior e quem ama a vida tem pó aos palhaços irresponsáveis que se marimbam para a vida dos outros e ainda têm o estúpido desplante de dizer que são medrosos.

        Dizias-me isso ao vivo e eu mostrava-te o medo que tenho de te dar uma canelada sem precisar de grandes apresentações.

        Gostar

      • 4 Agosto, 2020 21:52

        Ah, e também sei o que é a memória Google e o que os patuscos neotontos escreviam no início de Março.
        Dava para os fazer engolir agora de tudo o que mentem.

        Gostar

      • 4 Agosto, 2020 22:02

        Só por coisas- isso do abaixo dos 60 anos é tão estúpido e cretino que mete nojo.

        Que idade é que imaginas que eu tenho para o que faço?

        ehehehe
        Nem acreditavas vendo, quanto mais sem ver.

        Trabalho em competição com garinas de 20 e fisicamente ainda tenho treino de quem sempre viveu em risco desde nascença.

        Sei o que é ter a vida a prazo e ameaça de não passar dos 5, dos 7, da adolescência, de não poder ter filhos, etc, etc, etc. Passei isso tudo, fiz sempre tudo o que quis; não me privei de nada.

        Há 2 anos salvei-me a tempo.
        Pelo menos este risco de vida já o ganhei e sei muito bem a diferença entre viver em risco por gosto de vida e proteger-se do que não faz falta alguma.

        Sem fumar, sem procurar doenças; sem deixar de me cuidar.

        Por isso me mete nojo a acédia e a hipocrisia de quem a pretexto de uma merda que foi feita para viver dentro de morcegos, achar que agora os outros devem preparar-se para aceitarem a doença porque os mais novos não correm risco com a merda do vírus contra-natura.

        Liked by 1 person

      • Zé Manel Tonto permalink
        5 Agosto, 2020 07:25

        Raposo,

        “fugir do exemplo brasileiro e norte-americano…”

        O Brasil não acompanho, mas com os Estados Unidos a conversa é outra.

        O problema lá não foi não confinar.

        A maioria dos mortos nos Estados Unidos aconteceram em Estados onde os governadores forçaram os lares de idosos a receber de volta utentes que tinham ido ao hospital e testado positivo (mas não estavam mal que chegue para ficar internados).

        Sabiam desde o início que isto é uma doença que quase só mata idosos com problemas de saúde.

        Bastava isolar os idosos e deixar os restantes fazer a sua vida.

        A mortalidade nos Estados Unidos foi propositada, aconteceu em Estados com Governadores democratas, que querem mortes e desemprego alto para tentar apear Trump em Novembro.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        5 Agosto, 2020 07:43

        Para a Karen “informada”,

        Se estás num grupo de risco, fecha-te em casa. Eu não te obrigo a vir à rua.
        Podes andar com uma máscara de gás da 1ª guerra mundial, se quiseres.

        Quando procuras obrigar-me a viver na tua paranoia, e infringir na minha liberdade, temos chatice.

        É que, como qualquer pessoa percebe, não importa a vida, mas como é vivida. Por isso, valorizo mais a minha liberdade que a minha vida, porque sem a primeira a segunda pouco vale.

        Agora imagino como é que eu comparo a minha liberdade com a vida dos outros, sobretudo quando os outros activamente atacam a minha liberdade.

        Gostar

      • 5 Agosto, 2020 09:30

        Zé Manel, não me parece que tenha mesmo querido dizer isto:
        «Se estás num grupo de risco, fecha-te em casa. Eu não te obrigo a vir à rua.
        Podes andar com uma máscara de gás da 1ª guerra mundial, se quiseres.»
        Daqui até à barbárie vai um pequeno passo…

        Quanto aos números americanos e relação entre mortes por covid e estados governados por democratas, não consegui confirmar o que me diz. Se é verdade que os estados com um ratio maior de mortes por Covid são democratas (New Jersey e New York), o estado que surge depois é governado por um republicano (Massachussets)…

        Andei por aqui:
        https://coronavirus.jhu.edu/us-map

        https://www.statista.com/statistics/1109011/coronavirus-covid19-death-rates-us-by-state/

        https://www.statista.com/statistics/1109004/coronavirus-covid19-cases-rate-us-americans-by-state/

        https://www.statista.com/page/covid-19-coronavirus

        https://www.statista.com/study/72306/coronavirus-impact-on-the-us-economy/

        Gostar

      • 5 Agosto, 2020 09:32

        Zé Manel, não me parece que tenha mesmo querido dizer isto:
        «Se estás num grupo de risco, fecha-te em casa. Eu não te obrigo a vir à rua.
        Podes andar com uma máscara de gás da 1ª guerra mundial, se quiseres.»
        Daqui até à barbárie vai um pequeno passo…

        Quanto aos números americanos e relação entre mortes por covid e estados governados por democratas, não consegui confirmar o que me diz. Se é verdade que os estados com um ratio maior de mortes por Covid são democratas (New Jersey e New York), o estado que surge depois é governado por um republicano (Massachussets)…

        Andei por aqui:
        coronavirus.jhu.edu/us-map

        statista.com/statistics/1109011/coronavirus-covid19-death-rates-us-by-state/

        statista.com/statistics/1109004/coronavirus-covid19-cases-rate-us-americans-by-state/

        statista.com/page/covid-19-coronavirus

        statista.com/study/72306/coronavirus-impact-on-the-us-economy/

        Gostar

      • 5 Agosto, 2020 09:43

        A lista de governadores de estado dos ‘states’:
        en.wikipedia.org/wiki/List_of_United_States_governors

        Gostar

      • 5 Agosto, 2020 09:54

        A bestialidade desta militância pelo direito de não usar máscara vem daquele vigarista imbecil do André Dias do facebook que agora até quer contratar o louco do Garcia Pereira do MRPP para conseguir processos contra o Estado contra essa obrigação.

        São grunhos e imitam os carroceiros dos avós que também escarravam na rua para cima de quem passava.
        São do tempo das escarradeiras nos locais de comércio mas eles preferiam escarrar directamente na rua.

        Como não têm maneiras, também não sabem falar e quem não sabe falar. não sabe pensar. Resumem tudo a tribalismo de chavões- os velhos doentes com mais de 60 anos que se fodam e se fechem em casa e eles, os mongos no esplendor da inutilidade cívica querem andar à solta e com o direito de contaminar quem tenha o azar de com eles se cruzar porque não lhes basta fazerem a merda em família.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        5 Agosto, 2020 16:32

        Raposo,

        É verdade que o Massachussets tem um governador republicano. Também é verdade que um anterior governador republicano do Estado foi o anti-Trump Mitt Romney, e que o Estado não vota num republicano para a presidencia desde 1984.
        São um pouco como a direita que existe na Europa, declaram-se de direita, mas analisado o que defendem, não se diferenciam muito da esquerda. Adiante.

        Não querendo passar por cima do seu exemplo, mas porquê parar no terceiro Estado da contagem?

        Por mortes/milhão de habitantes:

        4 Connecticut, 5 Rhode Island, 6 Lousiana, 7. DC, 8 Michigan, 9 Illinois, 10 Delaware.

        é preciso chegar ao 11º para encontrar o 2º governador republicano, Mississippi.

        9 dos 10 primeiros. Em locais tão distintos como o nordeste, o sul e o midwest. É só coincidência?

        New York e Michigan, comprovadamente, mandaram idosos infectados de volta para os lares

        No Michigan, a governadora democrata, que andava a ladrar contra o Trump, emitiu a Executive Order 2020-50 (COVID-19), que entre outras coisas impunha:

        Executive Order 2020-50 (COVID-19)
        “A long-term care facility must not prohibit admission or readmission of a resident based on COVID-19 testing requirements or results in a manner that is inconsistent with relevant guidance issued by the Department of Health and Human Services (“DHHS”).”

        Entretanto já rescindiu a ordem, mas não sem antes morrerem mais de 1900 idosos em lares.

        https://eu.detroitnews.com/story/news/local/michigan/2020/06/20/michigan-declined-nursing-homes-idea-put-covid-19-patients-vacant-facilities/3223213001/

        Até a esquerdista NBC tem dificuldades em não culpar estas medidas pelo número de mortes.

        https://www.nbcnews.com/news/us-news/coronavirus-spreads-new-york-nursing-home-forced-take-recovering-patients-n1191811

        Nesse link referem que New Jersey também mandou doentes para os lares, e a California (outro governador democrata) idem.

        Mandar os doentes de volta quando não se sabia nada, seria ignorância. Mandá-los de volta quando se sabia que idosos são o grupo de maior risco, era estupidez.
        Forçar os lares a aceitar doentes, e depois da doença se espalhar e dos números de mortes subirem, usar isso para atacar o Trump, e de boleia manter tudo fechado para ter uma economia em recessão em ano de eleições, é preciso ser muito inocente para achar que não foi propositado.

        Gostar

      • 5 Agosto, 2020 16:38

        Penso que ainda é cedo para conclusões. A ‘onda’ dirige-se para estados do sul e do midwest…
        Entretanto, se o que diz é mesmo assim, não me espantaria que esses governadores fossem passar umas tardes em tribunal por genocídio…

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        5 Agosto, 2020 19:32

        “não me espantaria que esses governadores fossem passar umas tardes em tribunal por genocídio”

        Brincalhão. 😀

        Gostar

    • santos permalink
      4 Agosto, 2020 19:34

      V. é mais um fruto indesejável da imortal CRP 1976 com a qual é impossivel resolver o problema desta e da proxima pandemia , ambas pelo uso não obrigatorio na via publica
      Não sei se é um problema de estupidez ou de cultura …
      Beethoven nos surtos de gripe saia à rua com a face coberta com um lenço branco …
      Votos para que tenham saude dos pés à cabeça …

      Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        5 Agosto, 2020 16:35

        Tem piada.
        Uma constituição socialista, logo totalitária, é o que impede de implementar uma medida totalitária?
        Haja paciência.

        Quem sabe o que são percentagens, não anda incomodado com o corona.

        Gostar

  4. carlos rosa permalink
    4 Agosto, 2020 14:02

    Repito.
    Com o PS a governar Portugal estamos todos em “Aviso Vermelho”.
    Infelizmente não estou a exagerar.
    Reparem nas catástrofes que os portugueses têm sofrido desde que o António Costa se instalou no poder.
    Fogos em Pedrógão Grande, Castanheira de Pêra, etc.. Falhas da Proteção Civil. Estado.
    Falhas na luta contra o Covid 19, encobrimento de dados, lágrimas de crocodilo do secretário Sales. Serviço N. de Saúde. Estado.
    Negócios ruinosos no Banif, Novo Banco, TAP, CP, etc.. Decisões do Governo. Estado.
    Roubo de armas, Forças armadas. Estado.
    Acidentes com comboios. Cortes na segurança. Empresa nacionalizada. Estado.
    Pontes em risco por falta de manutenção. Estado.
    O Diabo renacionalizou a TAP. A TAP, filha do Salazar, nasceu forte. Agora pode dizer-se, já faltou mais para que comecem a cair aviões.
    A floresta continua a desaparecer, os portugueses fogem das suas terras, os pulhas desculpam-se com as alterações climáticas.
    Não confiem em nenhum serviço de Estado que possa interferir na vossa segurança pessoal.
    Eu não acredito em bruxas nem no Diabo dos padres. Acredito que o Diabo e as bruxas estão representados na sociedade por pessoas de carne e osso.
    O António Costa é o Diabo em figura de gente que tomou o poder no governo para castigar os portugueses.
    Com ele a mandar, a desaparecer quando as diabruras acontecem e a aparecer no rescaldos, sorridente e a prometer ajuda, os portugueses que ele odeia estão tramados.
    Ele faz o mal e aparece como salvador. Está-lhe na massa do sangue. Os bloquistas são uns mémés comparados com o Costa, o Lobo.
    Na situação de calamidade em que Portugal se encontra nas mãos deste homem, bem podem as criaturas que vão a Fátima rezar por nós. Não levam a nada. A atitude dos portugueses não se pode ficar por rezas.
    Fiquem atentos às catástrofes futuras.
    Tenham cuidado!

    Liked by 1 person

  5. 4 Agosto, 2020 14:19

    https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4420971/
    Um estudo sobre a eficácia das máscaras, numa altura em que o mundo era mais simples e só haviam gripes “normais”.

    Pessoalmente não concordo, de todo, que o uso da máscara seja obrigatório. Quem se sente adoentado e precisa de sair à rua deve usá-la, agora o governo estipular o que TENHO de pôr na cara…
    Parece-me mais um ensaio para ver quão depressa, sem muito estrebuchar, cedemos ao édito impulsivo do mês.

    My body, my choice! Ou isso só se aplica se quiser matar um feto?

    Liked by 3 people

    • santos permalink
      5 Agosto, 2020 17:24

      E aqueles doentes que não se sentem doentes com a sua inteligente tese já podem sair !…Uma sociedade onde vigora o seu principio da liberdade individual que prevalece sobre os interesses da sociedade só pode levar ao caos que já dura há 45 anos e lá vai de mal a pior
      Um Povo que não sabe ler , escrever , falar , logo não sabe pensar . Acritico . Qualquer D. Branca o engana !. V. quer viver em sociedade com as regras do paleolitico .
      Consegue entender que a soma dos interesses individuais pode não coincidir com o interesse colectivo ?

      Gostar

      • 5 Agosto, 2020 23:55

        Doentes que não se sentem doentes?
        Se procurarmos com muito afinco vamos descobrir uma qualquer maladia em qualquer pessoa.
        Somos humanos, precisamos de contacto uns com os outros; precisamos de ver a cara do outro; precisamos de nos expôr à adversidade (incluindo à invisível) para ficarmos mais fortes – é assim que o teu sistema imunitário se fortalece, com exposição e não com desinfectantes.

        Mas de acordo com a tua inteligente tese, NINGUÉM devia poder sair, jamais. Deviamos estar já a usar máscaras desde que estas foram inventadas, luvas, fatos anti-radiação e afins… “para o bem comum”, “para estarmos TODOS mais protegidos.”

        O caos que dura há 45 anos é perpetuado por aqueles que têm a ARROGÂNCIA de dizer que sabem qual é o interesse colectivo – que invariavelmente é sinónimo de limitar e eliminar liberdades individuais: dizer quem pode e não pode sair de casa; quem pode e não pode trabalhar; quem se pode e não se pode abraçar.

        Mas concordo contigo quando dizes que somos um povo acrítico que não sabe pensar.
        Somos um povo que regurgita as incoerências dos politicos, media, DGS e OMS sem questionar. Somos mansos e vilificamos os que ousam questionar a narrativa vigente.
        Lembras-te de quando o vírus não se transmitia entre humanos?
        Lembras-te de quando o vírus se transmitia pelas superfícies?
        Lembras-te de quando um “bocadinho de tecido na cara” não fazia nada?

        Se o medo que tens dos outros é assim tão grande, fica em casa, com a máscara posta, bezuntado em desinfectante e não saias da cama.
        Eu cá vou sair, sem máscara, mas em nome dos “interesses da sociedade”, vou largar o hábito que tinha de espirrar e tossir para cima dos outros.

        Gostar

  6. LTR permalink
    4 Agosto, 2020 14:35

    Se o Mondego está praticamente seco num ano, é do aquecimento global. Se estava bem abonado de água ontem mesmo e há mais 26% de mortos, é isto – “DGS aponta onda de calor como principal responsável.”. E bastou passar um mês depois dos elogios à oposição por esta não tirar partido político do COVID para, apenas 48h depois de terem morrido 8 pessoas num só dia, deitarem foguetes e de imediato começarem a tirar partido político da situação.

    Liked by 3 people

    • chipamanine permalink
      4 Agosto, 2020 16:47

      E é nessa onda de populismo barato que o Sec. de Estado chora no dia em que não morreu ninguém de Covid sabendo que só no mês de Julho morreram a mais 2.600 pessoas.
      Deve ser a tal reinvenção do SNS da Martinha Tremido. A moçoila agora vai opuvir a internacional para relaxar.

      Liked by 2 people

    • jppch permalink
      4 Agosto, 2020 18:21

      LTR…. mande essa do Mondego (bazófias) para o tecto…. se eles quiserem pegar infelizmente pegam e não conhecem o Mondego…. um pano nas fuças com o aquecimento global e o comportamento do Mondego (sabem onde é?) ´é o que eles precisam… que venham cá que o povo esfrega-lhes o focinho no Mondego

      Gostar

  7. José Leite permalink
    4 Agosto, 2020 15:35

    Não é preciso usar a fonte “Pedro Vieira de Almeida”.
    A fonte SICO, da DGS e do ministério da saúde é mais segura e fiável.
    evm.min-saude.pt
    Está lá tudo ao minuto.
    Curiosamente, com mais 2.220 (27%) mortos em Julho do que a média dos últimos 10 anos e com mais 1.290 mortos que o segundo mês de julho mais severo (2013), a vigilância do SICO esteve sempre “dentro do esperado”.

    Gostar

  8. santos permalink
    4 Agosto, 2020 15:50

    V. é mais um fruto indesejável da imortal CRP 1976 com a qual é impossivel resolver o problema desta e da proxima pandemia , ambas pelo uso não obrigatorio na via publica
    Não sei se é um problema de estupidez ou de cultura …
    Beethoven nos surtos de gripe saia à rua com a face coberta com um lenço branco …
    Votos para que tenham saude dos pés à cabeça …

    Gostar

  9. Victor Estrela permalink
    4 Agosto, 2020 16:47

    Vocês são todos uma cambada de tontos.

    Gostar

  10. André Silva permalink
    4 Agosto, 2020 17:44

    A verdadeira PIDE (na sua forma STASI, KGB e outras) nunca deixou de andar por aí, e por aqui, e por todo o lado, não só deste Portugalinho como cada vez mais em todo o mundo outrora LIVRE, DEMOCRÁTICO e CIVILIZADO. Outrora.

    Liked by 1 person

  11. 4 Agosto, 2020 18:50

    Vai-te catar com o chavão da PIDE, palerma abrilista.

    Gostar

  12. PORTUGA permalink
    5 Agosto, 2020 00:43

    Esse AM é chalado da cabeça. Querem lá ver que ainda vão inventar que foi a pide que fabricou o virus que anda por aí a matar o pessoal. Há por aí gente capaz para isso e muito mais.

    Liked by 1 person

    • Amora de Bruegas permalink
      5 Agosto, 2020 11:17

      Eh, eh, eh…. bem observado! É fácil culpar quem não se pode defender, nomeadamente pela censura que existe…., mascarada!

      Gostar

  13. lucklucky permalink
    5 Agosto, 2020 06:33

    Aquilo que o https://noscornosdacovid.blogspot.com/ e que o euromomo já demonstrava faz mostra o nojo que é o jornalismo.

    É fácil chegar à conclusão que o Covid caso não interessasse politicamente poderia ter sido censurado tal os anos passados em que o número de mortos foi bem superior.

    “Nos comentários ao meu último post, alguns observaram, com alguma razão, que o gráfico mostrava médias e que isso poderia dar uma ideia errónea do excesso de mortalidade.”

    Não. O gráfico que tinha colocado era claro o suficiente para quem o soubesse ler.

    Gostar

  14. Amora de Bruegas permalink
    5 Agosto, 2020 11:16

    Caro Alexandre Mota
    Bom artigo…, pena que esteja amordaçado à mentalidade do politicamente correcto” ao comparar os hipócritas censores da actualidade com uma organização a quem muitos milhões de portugueses ficaram a dever a liberdade e a paz. Dizer que a PIDE andava a espiar tudo e todos a torto e a direito, é não ter noção do importante papel desenvolvido pela polícia de investigação e como tal, do que diz.
    Cumprimentos.

    Gostar

    • PORTUGA permalink
      5 Agosto, 2020 13:49

      Se foi isto que quis dizer, sim, milhões de portugueses tinham paz e liberdade porque essa organização defendia os portugueses, os verdadeiros cidadãos portugueses. Essa estória de falta de liberdade foi um mito inventado por gente que queria implementar no nosso pais um sistema que não interessava a ninguém, apenas a eles. O que ninguém diz é que por causa desses, muitos portugueses sofreram consequências desagradáveis. Agora é que há falta de liberdade. Aposto que uma família normal, pai, mãe e filhos não sai à rua em passeio, em certas horas da noite, numa rua de Lisboa nem em outras cidades deste pais. Em 25/4 as cadeias estavam vazias. Hoje estão a abarrotar. O que é que isto significa? A gatunagem é mais que muita, a corrupção anda à solta.
      O nosso pais estava a caminhar para uma democracia estável, segura, onde os cidadãos pudessem ter liberdade de circulação e até de opinião. A economia estava a crescer a olhos vistos, as fábricas estavam em pleno desenvolvimento e a aumentar a exportação. Os salários estavam a crescer em função da produtividade. Os grandes sectores de actividade estavam em mãos portuguesas. Hoje de quem são? Se este pais dá o berro a população come merda. Havia muito para dizer, mas de verdade. Havia miséria? Havia, mas onde é que não há? Os militares que enchem a boca a dizer que libertaram o povo, um dia serão acusados de traição a título póstumo. Havia deveras um problema grave para resolver, a desconolização, mas essa estava em vias de resolução porque não era fácil dar de barato um império que nos foi legado vai para 500 ano. Pois, numa penada resolveram o problema “libertaram o povo” e o que ficou? Três guerras civis onde morreram milhares de pessoas.
      Havia muito mais para dizer, mas no campo das verdades.
      A educação. Estava-me a esquecer de uma das mais importantes regras cívicas de um povo, a educação. Os jovens eram educados, uma educação que vinha de família onde havia respeito pelo próximo. As escolas estavam a ser construídas em muitas povoações por esse país fora. Hoje o que temos? Falta de respeito, droga, ladroagem, corrupção, crime e ficamos por aqui.
      Isto é para o Sr Alexandre Mota ler para não vir práqui dizer barbaridades.

      Gostar

      • santos permalink
        6 Agosto, 2020 15:04

        Não tenho nem tive cartão da PIDE … Contudo lamento dizer-lhe que é tudo verdade . Por exemplo , 1953 a 1974 , e o inicio da adesão à CEE , foram os periodos em que o português (relativamente aos mais ricos ) viveu melhor . Agora tresanda a m…. por todo o lado . Vamos receber muito dinheiro .-.
        Até hoje já recebemos muito mais dinheiro da CEE e olhem para esta miséria ..O 25 de Abril de 1974 não é para festejar mas sim para chorar .Dizia-me um CEO no pós-abril que o melhor ensinamento colhido no 25 de Abril foi ter começado a conhecer melhor os portugueses . .. Dixit

        Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: