Saltar para o conteúdo

Indignações e memórias selectivas

7 Agosto, 2020

Os queixosos, magistrados, especialistas, activistas, membros de comissões de protecção de crianças… que arrancam as vestes com a criança na manifestação do CHEGA nunca viram crianças noutras manifestações? Por exemplo, nas marchas do ORgulho Gay. O ano passado era visível uma criança num dos carros que desfilou. É uma criança-cartaz ou não? Ou como era branca não havia problema?

Video aqui

34 comentários leave one →
  1. 7 Agosto, 2020 10:33

    Mais uma demonstração do pânico em que andam.

    Liked by 2 people

  2. Cristóvão permalink
    7 Agosto, 2020 10:45

    Esquerda e hipocrisia sempre andaram de mãos dadas, não é novidade.

    Mas não deixe de expor estes casos, Helena. É sempre bom haver estes registos e denúncias.

    Liked by 4 people

    • 7 Agosto, 2020 12:06

      É isso mesmo. A HM que não deixe de mostrar o óbvio. De responder à letra.

      Infelizmente pouco mais gente o faz, nos jornais e até aqui no Blasfémias.

      Anda tudo em onda por outras tretas da moda. A tara do toque de caixa é tramada.
      Chilreiam mais que blogam.

      Liked by 3 people

  3. chipamanine permalink
    7 Agosto, 2020 10:52

    As crianças , neste caso, só são importantes….segundo um bitaideiro residente , se forem usadas pelos Trumps, Bolsonaros, Lukachenkos e Chegas deste mundo.
    Vcs não percebem nada disto.
    No Brasil meteram uma com menos de 10 anos com um crucifixo metido no ânus virado para cima e foi uma manifestação cultural
    Estas coisas dependem…ora da cachaça , do vodka ou mesmo de um belo carrascão, sendo que este é muito mais “finesse”

    Liked by 5 people

  4. MJRB permalink
    7 Agosto, 2020 11:25

    Duas crianças exibidas por adultos em manifs. Tem acontecido e continuará a acontecer em manifs da Direita, do Centro, da Esquerda, de cima, de baixo, dos lados.

    Liked by 2 people

  5. chipamanine permalink
    7 Agosto, 2020 11:34

    As crianças quando exibidas pela esquerda bem pensante nunca indignam nada. Antes pelo contrário…elas são o futuro, elas tem de ter consciência, elas tem de ser “educadas” ( no caso é doutrinadas). Apela-se à participação activa delas em greves escolares. A mais recente foi aquela menina com síndrome de Asperger a ser usada e abusada para o clima.
    As crianças quando exibidas pela “não esquerda” ….aí sim …..cai o Carmo e a Trindade, é exploração infantil, abuso sobre ela.
    Este é que é o FACTO a constatar e não o passar detergente sobre o uso delas por todos.
    Quem o faz quer é desresponsabilizar uma parte porque é apanhada na hipocrisia.

    Liked by 3 people

  6. Ausente52 permalink
    7 Agosto, 2020 11:40

    Obrigado D. Helena por desnudar a ipócrita esquerda.

    Liked by 3 people

  7. 7 Agosto, 2020 12:03

    A esquerda tomou conta disto e já dominava os jornais nos anos 60.

    O Chega vai passar por muito fascismo desta maltosa que tem o desplante de encher a boca com “liberdade e democracia”.

    E o problema é que eles têm tantas ramificações “gramscianas” e deitaram as patas a tudo o que é ONG que nem sei bem se cordão sanitário é possível. Muito menos furar a barreira deles.

    Só há uma coisa racional a fazer. Mostrar-lhes o espelho. As memórias, aquilo que tapam e de onde vêm.
    E isso faz um pouco a Helena Matos e faz o José no Portadaloja.
    Os megafones são fraquíssimos. Nem o Jaime Nogueira Pinto passa. Tem de ser desmontagem assim, básica, mostrando-lhes o reflexo para quem não sabe.

    Porque eles não se enxergam e fazem chinfrineira mais alta.

    Liked by 3 people

    • MJRB permalink
      7 Agosto, 2020 12:24

      …nalgumas ONG e nas muitas dezenas de startup’s. Eu nunca quis nem vou querer entrar ou constituir uma startup, mas sei de algumas pessoas que foram rejeitadas em vários “projectos” e até do caso de uma já criada que foi desactivada porque boicotada internamente por gentinha “socialista”.

      À Direita falta-lhe um bom jornal, com distribuição no Continente, Açores e Madeira, que esta “coisa” das redes sociais não bastam e O Diabo não tem leitores suficientes.
      Ainda hoje não entendo porque é que desde há muitos anos a Direita tem descurado essa comunicação.

      Liked by 4 people

      • 7 Agosto, 2020 12:36

        Á Direita falta existir. Tout court.

        E simulacros à IL são apenas isso- simulacros de mais do mesmo da outra face da mesma moeda e a mesma face da mesma em matéria de costumes.

        Por isso é que também precisam logo de fazer a declaração de limpeza de sangue e mostrar que nada têm a ver com a “extrema-direita-populista” do Chega.

        Se houvesse jornalistas já lhes tinham perguntado como é que não têm mesmo nada de nadinha a ver com o BE.
        Tenho a certeza que bastava dar exemplos simples e claros de causas e posições públicas que tomaram que até bom palrador do Cotrim perdia o pio.

        Liked by 1 person

      • 7 Agosto, 2020 12:36

        À- acento grave.

        Liked by 1 person

      • 7 Agosto, 2020 12:45

        Tem descurado porque não existe. Porque já não dominava os jornais nos anos 60 e porque a Esquerda pura e simplesmente ficou dona disto tudo.

        E o que poderia existir de direita não se afirmou logo no PREC. E depois morreu o Sá Carneiro e agora estamos como estamos.

        O Chega é uma porta a abrir um totalitarismo praticamente único no Ocidente dito democrático.

        Se nem jornais ou revista de préstimo temos, como é que imaginam fantasmas por substantivo colectivo que terá meia dúzia de pessoas lá dentro que nem são políticas.

        Liked by 1 person

      • 7 Agosto, 2020 12:49

        Numa das raras vezes que vi qualquer treta televisiva de campanha lembro-me de um qualquer querer explicar que havia direita porque havia esquerda.

        Ou seja. Tal como temos dois braços e duas pernas.

        Se um grupo se afirma contra qualquer outro fantasma que não está no grupo dele, o pensamento tribalista-maniqueu- acha logo que existe o grupo oposto, como o outro braço ou a outra perna
        eheheh

        Liked by 1 person

      • MJRB permalink
        7 Agosto, 2020 14:32

        De acordo com praticamente tudo, Zazie.
        Pena o desaparecimento de Francisco Sá Carneiro. E de Adelino Amaro da Costa. Foi a “sorte” (grande) do P”S” e não só. Ainda hoje de quando em quando tento imaginar o que teria sido este país com o FSCarneiro activo até 1990’s.
        Hoje, se houvesse “um” FSCarneiro eu apoiaria-o.
        Por motivos vários duvido que o PPassos Coelho (de quem discordei pontualmente) queira regressar à política activa. Tem garra, sabe o que quer, aprendeu muito, é resiliente, mas apercebeu-se dos vãos de escada das negociatas e dos negócios políticos e outros, dos esconsos caminhos do Poder e do PSD. A sua reputação aconselha-o a não mais más companhias e a vida familiar está primeiro.
        Certo-certo, com o inconsequente e avarento RRio o PSD não alcançará o Poder, mesmo em coligação — o AC-DC meteu-o no bolso.

        Liked by 3 people

      • 7 Agosto, 2020 17:09

        Concordo com o Mister.
        Eu também não votei no Passos Coelho nem sei bem porquê. Porque poucas vezes na vida votei e era sempre mais para puxar cá para baixo que ajudar a ir lá para cima.

        Mas depois vi que me tinha enganado e que o PC tinha garra e era honesto.
        Só que os tempos mudaram e agora não fará sentido.

        E mudaram por coisas que me lembro de chegar a debater na Antiga Loja do Queijo Limiano que nunca achei possível virem a ter a dimensão que conseguiram- os do táxi- o BE.

        E o BE precisa de voltar para o táxi. E só o Chega poderá ajudar a isso.

        Houve aspectos que pressenti com umas 3 décadas antes- caso disto ir para o galheiro economicamente e sem ser precisa a desculpa da “Crise Internacional”.
        Bastou voltar a viajar de mochila às costas e rever o país que conheci antes do PREC e os efeitos que a destruição causou. E causou até agora.

        Não previ a sorte do turismo. Foi a safa.
        Muito menos previ aberrações de mundo às avessas com casais jovens a terem cães em vez de filhos e isso tudo a ir para a Assembleia como política para seres humanos

        Mas enfim… que le monde aille à sa perte, já dizia, por outras razões bem diferentes, a Duras.

        Gostar

      • MJRB permalink
        7 Agosto, 2020 18:52

        Eu, então, votei no PSD. Com algumas dúvidas sobre a capacidade e a classe (ser-se estadista tem de ter classe) do PPassos Coelho. Divergi ocasionalmente, mês após mês fui-me apercebendo que avaliei deficientemente, mas pela sua firmeza, liderança e acção salvadora do país, apoiei-o. Hoje, não hesitaria em apoiá-lo.
        Sim, Zazie, o turismo foi fundamental para uma retoma, mas não devo esquecer a perseverança da indústria, de certo comércio e outra resiliência, de nós, tugas. O P”S” recebeu numa bandeja a recuperação feita pelo PPCoelho em coligação com o PP.
        Essa, sua, na mouche !, das “aberrações do mundo às avessas com casais jovens a terem cães em vez de filhos e isso tudo ir para a Assembleia como política para os seres humanos” é uma, mais uma cristalina selfie do actual regime apatetado sob batuta do papi de Belém.

        Gostar

  8. 7 Agosto, 2020 12:11

    Aliás e para ser justa.

    Tempos houve em que chateei a HM. Aquela militância no abortício encanitou-me.
    Mas a HM mudou para melhor e eu também devo ter mudado um pouco.

    A verdade é que dei comigo ontem a constatar que, estranhamente, o Blasfémias ficou reduzido à HM.

    As janelinhas de comentários nem se recomendam porque é a mesma grunhice e estupidez que andar no Facebook, no mural daquele fenómeno do entroncamento que dá pelo nome de André Dias.

    Liked by 2 people

  9. LTR permalink
    7 Agosto, 2020 12:13

    Eu sou do tempo em a esquerda defendia histericamente a demissão imediata de um governo eleito e suportado por maioria absoluta mal o Tribunal Constitucional declarava uma das suas propostas inconstitucionais. Mas isso era na fase em que a esquerda ainda só tinha uma cara à vista.

    Liked by 3 people

  10. Prova Indirecta permalink
    7 Agosto, 2020 12:15

    Que idade tem a Greta ?

    Gostar

    • 7 Agosto, 2020 12:38

      !6, creio. É adolescente. Cá ainda tinha direito a pediatra.

      Liked by 1 person

      • 7 Agosto, 2020 16:16

        E seria obrigada a andar à escola…
        Aliás, não percebo como é que a civilizada Suécia e a responsável FCG admitem, aparentemente sem problemas, que uma miúda de 15 anos falte à escola para se manifestar frente ao parlamento escudada num cartaz de papelão de gosto duvidoso.

        Liked by 3 people

  11. Prova Indirecta permalink
    7 Agosto, 2020 14:11

    Ah , esqueci-me , as crianças com engagement à gauche , essas não contam .

    Liked by 6 people

  12. carlos rosa permalink
    7 Agosto, 2020 15:05

    Entretanto Portugal arde.
    Arde nos campos.
    Arde no coração dos patriotas.
    Haja esperança. Temos o “Chega”.

    A Esquerda só sabe exigir, consumir, reclamar, gastar, destruir. À sombra do embuste de que são os defensores dos trabalhadores. Mas não criam empregos e portanto não sabem o que é arranjar dinheiro pagar salários.

    Portugal começou a desmoronar-se com a morte de Salazar. Perdeu as colónias para mal dos pecados dos africanos. Perdeu a maior parte das reservas de ouro que tinha. Perdeu o respeito entre os portugueses, o respeito pela História, pelos valores da família, pelo Estado. Perdeu grandes empresas como a Sorefame. Perdeu milhares de portugueses de valor que emigraram.
    Perdeu isto tudo e muito mais.
    E ganhou políticos corruptos ou incompetentes a dirigir as nossas vidas.

    Tem valido aos “istas” do nosso descontentamento a pedinchice que têm feito pela Europa; que tem injetado dinheiro a rodos para pagar obras e os vícios dos nossos pulhíticos em nome de uma solidariedade pós Grande Guerra que está a implodir. É que grande parte da Europa foi na conversa da Esquerda.

    Portugal arde e o lume aquece. E os pulhas acenam com as alterações climáticas. A culpa nunca é dos pulhas. É a vida.

    Portugal arde e o “Chega” chama!

    Liked by 2 people

    • jppch permalink
      7 Agosto, 2020 15:44

      concordo consigo….Portugal arde, arde… e as espécies desde o século XIX são a arborização intensiva do interior (as razões/sustentações científicas posso dar-lhas mais tarde) com pinheiro bravo, uma árvore marítima e posteriormente com a mer** do ouro verde do Mira Amaral que são a porcaria dos eucaliptos.

      Portugal arde, sim…venha cá ao interior e veja como o melhor contributo para não arder ainda são os RH que cá restam e não a merda do ICNF sediado em Lisboa…

      Venha cá que o CHEGA está em Lisboa assim como os dejectos da esquerda ….

      No salazarismo a DGF era uma estrutura descentralizada, e pese embora os profundos erros políticos cometidos, que foram quanto ao tipo e espécie de arborização ela estava junto das populações

      Pergunto; é de Lisboa (desconhedora da realidade) que vem um decreto regulamento ou portaria que transforme isto?

      Sabe quanto custa um grupo de sapadores na última quinzena de Maio para limpar um terreno… e se chover em Junho, repete se- o trabalho…

      Sabe, que à esquerda ou à direita no meu pomar de macieias tenho uma baixada eléctrica para dar energia à rega dos pomares….

      Elas pagam a taxa de TV…. vem na factura… isto é Portugal no seu melhor

      Vem-me agora com um CHEGA nado e criado em Lisboa, por um oportunista que já que não sobe na hierarquia o PSD cria um espaço novo…claro que tem essa liberdade, todavia o que ele conhece da realidade do país

      Quer saber o que é a direita? venha ao Interior, onde Sá Carneiro criou a sua base sociológica política, onde a vida dói… aí no discurso e na experiência das pessoas sabe o que é a direita, pura e dura

      JPPCH

      Liked by 2 people

      • jppch permalink
        7 Agosto, 2020 15:56

        Desculpe mas deixei algo por dizer…venha cá, ande, contacte, desfrute…. fale até com professores universitários que não se passeiam nas Avenidas Novas, cujo conhecimento e pensamento não se derramam nos pasquins lisboetas….venha cá… venha… e considerará que a direita não vai crescer enquanto não for sensível aos problemas do Interior…

        Liked by 2 people

      • jppch permalink
        7 Agosto, 2020 17:23

        Também não esqueça se for intelectualmente honesto, face à constituição o INTERIOR não dá votos…. dá os deputados que não conseguiram lugares elegíveis nas listas dos distritos mais representativos… por isso não basta dizer GHEGA, com representação urbana… diga antes CHEGA por um país todo (o que duvido)

        Liked by 1 person

    • carlos rosa permalink
      7 Agosto, 2020 21:19

      jppch
      Você tem razão no que escreve. Concordo consigo.
      Eu nem sequer pertenço ao “Chega”…….
      Mas estou atento e digo que o Chega tem que fazer um caminho. Se Portugal está no estado em que está, não podemos querer que ele mude de um dia para o outro.
      O que eu admiro no “Chega” é a coragem de denunciar a podridão do sistema político que temos. Se o “Chega” tem capacidade para mudar Portugal, eu ainda não sei. Mas admito que para mudar Portugal tem que se começar a abanar os alicerces da podridão que nos atinge a toda a hora.
      Um partido político só consegue fazer alguma coisa se agitar as pessoas, que estão apáticas. Se for ativo, se começar a fazer a casa com o projeto dela bem definido. Se começar sabendo onde quer chegar. Em suma, se for revolucionário.
      Sabe, eu conheço o campo, eu sei bem que o ICNF é bom a castigar os camponeses e mau a conservar a natureza. O ICNF faz parte do sistema caduco que urge mudar.
      Diz que o “Chega” é nado e criado em Lisboa. E o Sá Carneiro era do campo?
      Isso não é decisivo.
      Se você precisar de um sapateiro é mais fácil encontrá-lo em Lisboa que na sua terra, se for do interior.
      Muitos portugueses abandonaram e abandonam as suas terras por não terem futuro nelas, não por serem menos que os que ficam. Mas o amor à terra acompanha-os sempre.
      Veja que todos os velhos partidos aguentam-se no poder com alianças, coligações ou acordos entre eles.
      Um partido como deve ser, novo, com um programa para Portugal e pela melhoria da vida dos portugueses, tem que ansiar pelo apoio da maioria dos portugueses para vir a por em ação o seu programa.
      Neste momento em Portugal não vejo outro partido além do “Chega” que nos possa alimentar a esperança de acabar com a desertificação do interior, com os fogos, com os compadrios, com a corrupção, com as injustiças, com os ordenados e as pensões de miséria.
      Por isso estou apostado em votar no “Chega”.

      Liked by 2 people

  13. Leunam permalink
    7 Agosto, 2020 15:26

    “Portugal arde e o “Chega” chama!”

    E ainda há também o ERGUE- TE.

    Mas terá Portugal futuro?

    Num país devastado pela indiferença e incapacidade de união, pela ignorância e formatação esquerdista, pela cupidez e corrupção, pela malevolência e sobretudo pela traição aos valores pátrios, que futuro esperar?

    Gostar

  14. Prova Indirecta permalink
    7 Agosto, 2020 17:10

    Gostar

  15. Chopin permalink
    7 Agosto, 2020 17:56

    A comunicação social é uma extensão dos partidos políticos. Vivem da publicidade e do subsídio.
    Não existe jornalismo. Há apenas militância e é isso que se ensina nas universidades.

    A vigarice e a hipocrisia é latente.
    http://www.avante.pt/pt/2392/nacional/156571/Festa-da-Crian%C3%A7a-no-Seixal-porque-%C2%ABbrincar-%C3%A9-um-direito%C2%BB.htm

    Liked by 2 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: