Saltar para o conteúdo

Socialismo, liberalismo, ciganismo, covidismo

9 Setembro, 2020

É com bastante frequência que escrevo sobre o quão discussões sobre -ismos são irrelevantes. Não faz qualquer diferença se isto é o socialismo, o liberalismo, o situacionismo, o comunismo ou o azeiteirismo. Compreendo que seja fácil para académicos cair nesse buraco das definições, mas para mim, um Zé Povo ligeiramente mais letrado que o típico eleitor e infinitamente mais embrutecido pela realidade de que um gajo que tem tempo para ler todos os livros não carrega baldes, tudo isso soa a diálogo de filme porno.

A histeria covideira vai originar uma de duas situações: ou as escolas começam a flexibilizar as regras imbecis (particularmente as de transformarem crianças em Darth Vaders mascarados) ou daqui a dois meses ninguém quer ouvir falar mais de Covid e as entidades de saúde poderão começar a atribuir os números de mortos da segunda vaga aos dentes partidos a médicos de família e professores inflexíveis na sarna automática de todos que não eles próprios e que serão atropelados “acidentalmente”.

Como me custa a crer que quer a classe docente, quer os médicos, seja composta maioritariamente imbecis e sim por pessoas que não só foram à praia como viram presidente e primeiro-ministro a fazer o mesmo, o mais natural parece-me ser a opção da flexibilização natural, com muito lero-lero à mistura, e umas zaragatoas enfiadas ao delegado de saúde mais zeloso (o local de enfiamento fica à escolha). Se a opção for a segunda, só vos posso desejar boa sorte, pois ides precisar.

Volto então ao tema do socialismo, do liberalismo e dos outros -ismos todos: bastou Ventura tratar Ana Gomes por cigana para demonstrar que nada disso importa. Agora, o que importa é esperar pela troika pacientemente, que eles lá dirão que -ismos não são condição necessária para esta crise que pagaremos.

16 comentários leave one →
  1. Expatriado permalink
    9 Setembro, 2020 17:12

    Sobre confinamento e máscaras

    https://video.foxnews.com/v/6188609305001?playlist_id=5198073478001#sp=show-clips

    Gostar

  2. Expatriado permalink
    9 Setembro, 2020 19:16

    Já e mais que tempo de aparecerem vozes de fora do rebanho. Como esta.

    Liked by 1 person

  3. Expatriado permalink
    9 Setembro, 2020 19:30

    Alberto Gonçalves atira certeiro na patranha do vírus. Realmente, atiram com números todos os dias sem darem detalhes que iriam informar o povoléu.
    Não sejam carneiros. Questionem o sistema!!

    https://observador.pt/programas/ideias-feitas/uma-patranha-perdao-um-misterio-chamado-covid/

    Liked by 1 person

  4. 9 Setembro, 2020 19:55

    Estamos a viver uma profunda crise da verdade. Ninguém acredita no que é divulgado nos média. Ao contrário do que aconteceu no pós guerra, em que os cientistas falavam a uma só vós e as pessoas acreditavam no que eles diziam.
    Não foi o Corinavirus o causador desta descrença, já em anos anteriores assistimos a batalhas de cientistas em outras áreas do conhecimento que não a medicina, em que metade dos cientistas diziam por exemplo que o aquecimento global é antropogénico e outra metade dizia que não, e ainda uma terceira “metade” dizia que nem sequer há aquecimento global.
    Duas décadas antes foi a discussão de que o petróleo ia acabar. Uns cientistas acenavam com estudos que comprovavam o fim e outros acenavam com outros estudos que comprovavam que não.
    Hoje, é muito mais fácil tomar decisões políticas fora do receio de que venham a ser postas em causa por uma entidade fora da política; a Ciência.
    Hoje, as pessoas são chamadas a acreditar nos partidos de uma forma semelhante aos aficionados do futebol.
    Os partidos passaram a ser clubes de pessoas.

    Gostar

    • 9 Setembro, 2020 20:12

      Chamam-lhe “cientismo”. Eu concordo. Ciência implica discórdia.

      Gostar

      • 9 Setembro, 2020 20:42

        portanto concorda que às pessoas resta-lhes fazer o que as autoridades mandam, pois não sabem se hão-de seguir uns cientistas se os outros do contraditório.
        Ou então fazemos o que nos der na mona! fica sempre certo… e seja o que Deus quiser…

        Gostar

      • 9 Setembro, 2020 21:32

        Concordo que andamos todos aos papéis.

        Liked by 1 person

      • 9 Setembro, 2020 20:49

        Ou então ir pelo que for menos trabalhoso; se há cientistas que dizem ser o aquecimento global uma treta, não vou comprar um veículo elétrico, pois um que seja diesel é mais barato e tem muito maior autonomia. E não separo resíduos, e não etc., etc.
        QUE FÁCIL! ISSO É QUE É BOM. OLD FASHION!

        Gostar

      • 10 Setembro, 2020 01:54

        Tendencialmente, aceitamos a narrativa que valida a posição defendida a priori.

        Somos todos “vítimas” das histórias que escolhemos acreditar. Que normalmente são as que ouvimos mais vezes e as que são mais validadas pelos nossos pares (i.e. Carneirismo)

        Liked by 1 person

      • chipamanine permalink
        9 Setembro, 2020 21:48

        É mais sócio-politico cientismo

        Gostar

    • Luís Pereira permalink
      9 Setembro, 2020 22:25

      Observações muito pertinentes. Inteiramente de acordo

      Gostar

    • Mario Figueiredo permalink
      10 Setembro, 2020 09:46

      Este problema não é só politico. Foi causado também nos últimos 30 anos pela própria comunidade cientifica que se deixou instrumentalizar directa ou indirectamente pela cor do dinheiro. O modelo privado e público de subsídios à investigação e o modelo de publicação de resultados científicos têm sido os maiores responsáveis pela degradação da qualidade do trabalho cientifico e pelo ressurgimento em massa da pseudociência que depois, precisamente num momento em que os media atravessam uma tremenda crise de identidade, é disseminada por estes e inevitavelmente corrói a confiança do público e dos políticos na comunidade cientifica.

      Este dois cancros na comunidade cientifica começam logo nas Universidades, onde bolsas de investigação só são atribuídas se no ano anterior resultaram em publicações. Isto pressiona investigadores a publicarem qualquer coisa, não interessa o quê, desde que publiquem. E depois temos artigos nos jornais como “investigadores na universidade X descobriram que comer batata faz as unhas crescer”.

      E publicar à força toda, não interessa o quê, é um grande negócio para os publishers de revistas cientificas e para toda uma economia paralela (de que se fala muito-muito pouco) assente em criar produtos baseada em investigação comprovada de muito baixa qualidade, incluindo pagar investigadores para publicarem certos tipos de resultados.

      E há mais. Eu podia estar aqui a falar o dia todo sobre o imenso manto negro que se abateu sobre a comunidade cientifica nos últimos décadas, os seus heróis e os seus vilões. Mas perceberam. Com as devidas excepções, a grande tragédia a meu ver é que as nossas universidades andam à cerca de 30 anos a debitar muitos Percival Lowell cá para fora. Ainda estamos para ver o pior disto.

      Liked by 1 person

    • Cristóvão permalink
      10 Setembro, 2020 09:58

      Infelizmente ainda há muita gente que acredita nos média, especialmente neste rectângulo à beira mar. Veja-se a parvoíce das máscaras.

      Gostar

  5. lucklucky permalink
    9 Setembro, 2020 23:20

    Notícias censuradas pelo Jornalismo Português. Por serem Marxistas.

    https://disrn.com/news/ga-man-who-needed-to-find-a-white-male-to-kill-now-accused-of-killing-his-cellmate

    Gostar

  6. 10 Setembro, 2020 00:45

    646

    Gostar

  7. 10 Setembro, 2020 01:50

    Then they came for the children…
    https://lifetidesblog.wordpress.com/2020/09/09/o-regresso-as-aulas/

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: