Saltar para o conteúdo

Dá-lhes!

16 Fevereiro, 2021

A publicação n’O Observador do direito de resposta do António Abreu do Notícias Viriato marca um ponto fundamental na falta de moral a que tresandam os fact-checkers nacionais. Há verificação de factos e há criação de narrativas — um termo socrático (não o sentenciado à morte: o que ainda nem acusado foi). Os fact-checkers, arautos da pós-verdade, arrogam-se a autoridade de definirem a realidade consoante o que mais interessa ao poder político, o que por si só demonstra não só a perniciosa prevalência destes fact-checkers como define a própria causa única para a sua existência. Que o O Observador opte por participar nesta destruição do que é suposto ser o jornalismo é que é uma tristeza.

24 comentários leave one →
  1. 16 Fevereiro, 2021 12:51

    Datado de 29 de outubro de 2020 e só quatro meses depois aparece?

    Gostar

    • 16 Fevereiro, 2021 14:45

      O sapo era muito grande, e demorou a engolir …

      Liked by 3 people

      • lucklucky permalink
        16 Fevereiro, 2021 19:20

        Isso é que choca.
        Tem alguns bons colunistas mas nada mais.
        As notícias são praticamente iguais aos outros.

        Liked by 1 person

      • 16 Fevereiro, 2021 21:21

        As notícias são iguais porque é tudo formado na mesma madrassa. Os jornalistas já nem existem. Os que se dizem, nem português sabem escrever e o resto é tudo copy paste ou tradução mal feita do Facebook.

        Gostar

  2. 16 Fevereiro, 2021 12:51

    Outubro!

    Liked by 1 person

  3. Expatriado permalink
    16 Fevereiro, 2021 13:35

    Nos primeiros tempos do aparecimento do Observador ainda considerei ser assinante do jornal mas… com o passar do tempo vi que foi sendo ocupado por fazedores de “opinião “ claramente enviesados contra quem não é “politicamente correcto”. Tanto nas opiniões escritas como na Rádio Observador.
    Podiam ser imparciais, mas não são, com raras excepções. E que dizer das caixas de comentários ocupadas por “bots” claramente ideológicos? Há aí muita matéria para fazerem “fact-checking”…

    Liked by 1 person

  4. 16 Fevereiro, 2021 13:57

    Não sei que raio aconteceu aos ciber-comentadores que antes cantavam loas a Trump & Bolsonaro. Agora viraram o bico ao prego, a arranham- se rasgando as vestes, contra fact-checkers…
    É que os meus são melhores que os teu! dirão!

    Gostar

    • chipamanine permalink
      16 Fevereiro, 2021 14:10

      Agora cantam loas ao Kosta que já conseguiu ultrapassar o Bolsonaro e o Trump no número de mortos por milhão consolidando o milagre português alegremente comemorado com a Champions League.
      Nem a stayway covid obrigatória nos safou

      Liked by 3 people

    • 16 Fevereiro, 2021 14:13

      Está a falar de alguém em específico ou é mesmo de unicórnios?

      Gostar

      • chipamanine permalink
        16 Fevereiro, 2021 17:50

        Esta gente droga-se ou tem danos mentais ideológicos, irreversíveis e não tem consciência deles . Por isso a mina resposta também em unicórnios hahahha

        Gostar

    • voza0db permalink
      16 Fevereiro, 2021 14:15

      mutTrump foi, e sempre será, o MELHOR presidente que os EUdT alguma vez já teve.

      Gostar

  5. voza0db permalink
    16 Fevereiro, 2021 13:57

    A miséria disto tudo é que aquela escumalha continua a fazer aquilo, e a LENTIDÃO burocrática, própria de um sub-sistema democrático, destrói todo o efeito que eventual tardia publicação de “direito de resposta” possa gerar.

    Eu ainda diria que se isto fosse como uma pequena porção do aparelho judicial amerdicano valeria a pena ir a tribunal e pedir indemnização, mas como estamos em Protróikal, poupe o dinheiro!

    Como NUNCA leio o tal jornal de pocilga “Observador” nem sabia de tais festas…

    Gostar

  6. Randolph Carter permalink
    16 Fevereiro, 2021 14:01

    Ainda cheguei a ler o Observador durante algum tempo. Ao início até parecia um jornal interessante e de tempos a tempos até parecia “mexer onde dói”. De tal maneira que tenho a impressão que (embora possa ser a memória que me está a pregar partidas) o próprio António Bosta até chegou a nomear a “Direita do Observador” como um dos seus principais inimigos.

    Até que o Trump ganhou as eleições… E quase da noite para o o dia o jornal online ficou quase exclusivamente dedicado a notícias anti-Trump ou anti-Brexit (e anti-Bolsonaro, obviamente).
    Foi um fenómeno interessante. No espaço de poucos meses dá a impressão que o gabinete de redacção foi virado do avesso e ocupado por jornaleiros marxistas. Uma espécie de “Rui Rio em versão jornal”.
    As notícias são quase todas “copy-paste” rasca da Agência Lusa e maior parte do pasquim são artigos de opinião de apoiantes do Sistema e lambe-cús profissionais.

    Como um dos comentadores bem refere, as caixas de comentários estão completamente dominadas por avençados do regime. O pessoal que escreve verdades incómodas vê os comentários serem apagados e os Trolls esquerdistas têm rédea solta para espalharem desinformação.
    De lá sobressaem alguns bichos ilustres, como é o caso do “josé maria” (um avençado do PS) ou um certo “Anarquista Inconformado” (que antes comentava lá como “Conde do Cruzeiro”) que já outros comentadores afirmaram ser um militante filiado no Bloco de Esterco, que se faz passar por militante do PCP e que é um dos maiores “bocas de esgoto” que por lá pulula. Interessante, porque até nisto se vê a estratégia maquiavélica dos animais: espalham veneno e propaganda e – ao mesmo tempo – arranjam maneira de passar a “má fama” para os partidos esquerdistas rivais.

    Em resumo: só é pena ser um pasquim exclusivamente virtual… Nem para limpar o cú serve.

    Liked by 5 people

    • João Brandão permalink
      16 Fevereiro, 2021 14:45

      Precisamente!
      Também andei algum tempo a ler aquilo, depois concluí que não valia a pena …

      Gostar

    • Chopin permalink
      16 Fevereiro, 2021 17:19

      Um pasquim cripto comunista. Metem dois ou três redatores com opiniões menos alinhadas, para melhor enganar, e o resto é um caudal de lixo de esquerda.
      Sempre tive reservas ao Observador. E, não precisei de muito tempo para deixar de frequentar.
      A velha e gasta estratégia de ocupação de espaços.
      A papel químico do pseudo partido “os verdes”. Detetam uma brecha por onde um adversário político pode entrar e tapam tudo com entulho comunista travestido de outra coisa qualquer.

      Liked by 2 people

    • Zé Manel Tonto permalink
      16 Fevereiro, 2021 20:20

      “O pessoal que escreve verdades incómodas vê os comentários serem apagados”

      Bloquearam-me duas contas, nunca usei um palavrão, ou fiz uma ameaça.
      Outros, boçais, ainda por lá andam.

      Liked by 1 person

      • Mario Figueiredo permalink
        17 Fevereiro, 2021 00:07

        Precisamente o mesmo. Todos os meus comentários vão direitinhos para moderação. Mas os avençados têm rédea solta. Deixei de me interessar por aquilo. Por tudo o que me resta saber, ganharam.

        Liked by 1 person

  7. Andre Miguel permalink
    16 Fevereiro, 2021 15:01

    A academia está infestada de canhotos, por isso os jornalistas já de lá saem completamente formatados. Se queremos isenção é melhor procurar noutro lado.

    Gostar

  8. Expatriado permalink
    16 Fevereiro, 2021 15:10

    Faz muita falta um cronista deste calibre nos OCS cá do burgo, e não só!

    https://www.foxnews.com/opinion/tucker-carlson-texas-green-new-deal-climate-catastrophe

    Que diriam os fact-checkers dist?

    Gostar

  9. Expatriado permalink
    16 Fevereiro, 2021 15:39

    Os “fact-checkers” cá deste sítio mal frequentado andaram muito ocupados a revelar “falsidades” durante a presidência Trump. Veremos se vão “analisar” com a mesma atenção o que se passa na administração Biden. Como está:

    https://www.foxnews.com/media/washington-post-cnn-fact-checkers-silent-kamala-harris-starting-from-scratch

    Liked by 1 person

  10. António C. Mendes permalink
    16 Fevereiro, 2021 17:10

    É realmente uma tristeza. Mas não surpreende ninguém. Não consigo ler nenhum fact-check nacional. Habituei-me a que à segunda frase já estão em construção narrativa, não vale a pena continuar. Para além das, algumas vezes, graves conclusões que, pelo caminho da confirmação, branqueiam.

    Liked by 1 person

  11. Vasco Silveira permalink
    16 Fevereiro, 2021 19:51

    “Que o O Observador opte por participar nesta destruição do que é suposto ser o jornalismo é que é uma tristeza.”

    Caro Senhor

    Transcrevo a sua frase, que reflecte na íntegra a minha opinião sobre o Observador, mas com mais de um ano de desfazamento:
    _O dito e-jornal tornou-se igual a um público ( com menor preparação ) em que uma panóplia grande de autores de opinião de qualidade, pretende esconder a miséria intelectual e profissional de um copy/paste jornal, eivado de sabujice ao poder.
    Infelizmente a experiência de JM Fernandaes, que eu aprecio e respeito como opinion maker, nesta àrea, soma a segunda derrota rotunda(Público e Observador).

    Melhores cumprimentos

    Vasco Silveira

    Gostar

  12. Zé Manel Tonto permalink
    16 Fevereiro, 2021 20:21

    Só começaram a ser necessários fact chekcers quando a verdade começou a sair cá para fora…

    Liked by 3 people

  13. 16 Fevereiro, 2021 22:02

    Ainda assim mais vale um Observador que a generalidade da CS.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: