Skip to content

Inquérito que é anomalia

16 Julho, 2017

Mal seria se chegássemos a meio de Julho sem uma indignação de pessoas desconfortáveis com a vida. Felizmente, para mantermos a nossa aura de juizes de costumes, tal indignação chegou ontem e, graças a Aquiles e Pátroclo, tem a ver com pessoas desprovidas de pénis (vulgarmente conhecidas, antes da transformação da antropologia em cartomancia, por mulheres), indignadas com observações de terceiros sobre o período refractário nas suas relações sexuais a três, aquele que é ocupado com maridos e namorados a entreterem-se apaixonadamente com a mangueira do outro.

Pessoalmente, não tenho nada contra relações a três, a quatro ou até com três chimpanzés e um urso pardo, desde que consentidas entre adultos. O que me incomoda é que alguém abdique de tempo de uma valente pega do touro pela traseira para apresentar queixa à Ordem dos Médicos por alguém dizer que não aprecia este tipo de rodeos. Até me parece útil que alguém diga de antemão as suas preferências de diversão entre amigos e membros do partido para evitar confusões e embaraços futuros.

É normal que as moças que apresentaram queixa, prontamente adjuvadas pela deputada Isabel Moreira — conhecida pelo fetiche de defender pobrezinhos oprimidos na sua experimentação sexual desde que não sejam muçulmanos —, possam sentir que os 200€ que entregam à Ordem por ano devam ser usados em acções de promoção activa do engate homossexual igualitário. Estranho é que a Ordem, que recebe 200€ por ano de todos os qualificados para exercerem a profissão de médico apenas para que lhes certifique serem qualificados para exercerem a profissão de médico, se dedique a causas parvas, como abrir um inquérito por uma entrevista. Qual o resultado punitivo para Gentil Martins, caso seja considerado culpado de não ter tido sexo anal com moçambicanos durante os seus 87 anos de vida? “Ai, e tal, como o senhor nunca sentiu um falo no recto, terá obrigatoriamente que deixar a profissão médica”? É que, convenhamos, esse requisito não parece estar explicitado nas condições de admissão à Ordem. Porém, admito que tal requisito, a existir, parece ser um método eficaz de assegurar que nunca chegaremos à temida falência corporativa de existência de médicos em excesso.

Parece que é ofensivo para a Isabel Moreira (e para as outras senhoras indignadas) que se diga que a homossexualidade é uma anomalia, eventualmente por terem descoberto, em segredo, a passagem de genes para a seguinte geração através de divertidas tesourinhas. Tomando em consideração que estamos a discutir a acção de apenas duas senhoras doidas e uma deputada inimitável em orate, não será descabido afirmar que qualquer inquérito ao que Gentil Martins disse não passa de uma anomalia no habitual trabalho sério da Ordem levado a cabo com os 200€ anuais dos seus membros compulsiv… voluntários.

A minha dúvida é só uma: se estas pessoas se sentissem bem com o que fazem na cama precisariam da anuência de terceiros (ou quartos, ou quintos) para certificar que se trata de algo perfeitamente usual? É que este tipo de acções são um embaraço para homossexuais integrados que vivem a vida sem necessitar de aprovação reforçada de todos os compatriotas, aprovação esta que, convenhamos, ninguém tem, durma ao lado de quem dormir.

Anúncios
57 comentários leave one →
  1. Eduardo permalink
    16 Julho, 2017 09:08

    Só estranharia que, numa contenda destas, a lagarta da seda não fizesse a sua aparição.
    Quanto ao resto direi que vale mais uma flatulência do Professor que todos eles e elas juntos

    Gostar

  2. Alain Bick permalink
    16 Julho, 2017 09:53

    « levar no cu não leva a nada, como nos explica a Dra. Anete Guimarães no vídeo “Sexo Anal e suas consequências“. No máximo, o cu, violado, nos deixaria um câncer de próstata (aos homens) ou uma INEVITÁVEL Endocardite Bacteriana (a homens e mulheres) – aidéticos que o digam!
    dizem que são órgãos sexuais. Coitado do cu: se fosse órgão sexual também seria cortado, retalhado, operado e desfigurado. Não sendo órgão sexual, dele abusam como se o fosse, na raiva insana daqueles que não conseguem ainda fecundar a merda. Pobre cu: não é fertilizado nem mais aduba.
    cu não é coisa-em-si, mas recebe uma coisa em si como um ser humano incorpora um alien por meio das desgraçadas relações dos ditos seres “racionais” com sua liberdade, a qual, numa reação ainda mal compreendida, é transformada em libertinagem e delírio. A aparência do cu é fenômeno enquanto há vida; quando, então, a vida é violada, torna-se numa singularidade apocalíptica, um buraco negro que gesta vícios, doenças e adoração ao Rabudo.
    Hoje, o Cu-Brasil está arrombado e, do seu esfíncter, saem vermes adultos a sorrirem para as câmeras da TV Globo. Lembrando: se tomar no cu fosse bom, a Coca-Cola já teria patenteado um refrigerante para celebrar isso
    O cu é terminal de desembarque, não estação elevatória. Assim, o cu progride em higiene à medida que se fecha às “novas ideias”. Numa paródia do pensamento de Einstein, se baseiam os pervertidos e revolucionários. Se Einstein tivesse dito, num trocadilho, que “um cu [com ele pensa um revolucionário] que se abre às novas ideias, jamais volta ao seu calibre original”, eu lhe diria que: “cu é propriedade privada e também tem seus direitos ‘anais’ contra violações de usurpadores e coletivizadores sádicos”.
    Se eu pudesse dizer algo mais aos revolucionários culólatras, para isso faria um outro trocadilho: “É melhor se cagar e deixar que os outros pensem que você é um idiota, do que escancarar o cu e acabar com a dúvida de todos” (In memoriam de Abraham Lincoln). »

    Gostar

    • Filipe Costa permalink
      16 Julho, 2017 11:59

      Isso é um tratado, você percebe da poda, muito bom texto.

      Gostar

  3. Manuel permalink
    16 Julho, 2017 10:05

    Fui ler a entrevista e toda ela é coerente e relevo que ainda opera e regista mais de 12000 cirurgias! O seu discurso dedica atenção às causas da nossa desgraça, quando refere que, no 25 de Abril de 974, retiraram Deus, Pátria e Família e substituíram-nas por uma liberdade mal interpretada. Também questiona o SNS e bem. A entrevista merece ser lida e os esquerdalhos Gramscianos vão desencadear mais ataques, porque a entrevista tem doutrina e é muito assertiva.

    Liked by 1 person

  4. Alexandre Hemorroida permalink
    16 Julho, 2017 10:31

    «…nas suas relações sexuais a três, aquele que é ocupado com maridos e namorados a entreterem-se apaixonadamente com a mangueira do outro.»

    Mais literatura «pimba». A seguir a Cristina Miranda, venha o diabo e escolha.

    Gostar

    • 16 Julho, 2017 10:36

      Chegou o prolapso. Bom dia.

      Gostar

      • M.C. permalink
        16 Julho, 2017 11:10

        As opiniões são como os cus, cada um tem o seu… e dá quem quer !

        Gostar

      • Democrata com larga experiência — Vende-se permalink
        16 Julho, 2017 11:20

        Tem tudo a ver com a rosa e os seus botões…

        Aliás, os avençados rosa que aqui florescem (alguns mais vermelhos que rosa devido ao uso e abuso do prolapso) podem sempre tentar a carreira na »Rosebud Porno«.

        Aproveito para o felicitar por mais um belo post.

        Gostar

      • Alexandre permalink
        16 Julho, 2017 12:50

        É «Pimba» que se farta.

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        16 Julho, 2017 14:39

        prolapso intestinal

        Gostar

  5. oscar maximo permalink
    16 Julho, 2017 10:44

    Se fosse médico protestava pela OM gastar mal o dinheiro. A partir do momento que a homossexualidade deixou de ser doença, a OM não tem mais de se ocupar do assunto.
    Se é ou não anomalia, é uma questão a ser tratada, e entretida, pelos estatísticos.

    Liked by 1 person

  6. 16 Julho, 2017 10:55

    “Ai, e tal, como o senhor nunca sentiu um falo no recto, terá obrigatoriamente que deixar a profissão médica”?

    “:O)))))))))))

    Gostar

  7. 16 Julho, 2017 11:05

    Estupor moral.
    Nunca duas palavras foram tão bem usadas.

    Gostar

  8. 16 Julho, 2017 11:15

    «Pessoalmente, não tenho nada contra relações a três, a quatro ou até com três chimpanzés e um urso pardo, desde que consentidas entre adultos.»

    Os chimpanzés e o urso pardo podem dar consentimento?

    Gostar

    • 16 Julho, 2017 12:02

      Acho que deve colocar a questão de forma mais abrangente: indivíduo que não se identifique como do sexo masculino ou do sexo feminino pode dar consentimento?

      Liked by 2 people

      • Alexandre permalink
        17 Julho, 2017 13:17

        É muito feio fazer aquilo que fez em relação ao meu nome, mas o Vítor Cunha assim mostra o género de besta que se assume que é.

        Gostar

      • 17 Julho, 2017 13:21

        Penso que já expliquei várias vezes o que é uma faca e um queijo.

        Gostar

  9. André Miguel permalink
    16 Julho, 2017 11:18

    “Divertidas tesourinhas”
    Ahahahahaha!!!! Muito bom!

    O último parágrafo é lapidar.

    Gostar

  10. Procópio permalink
    16 Julho, 2017 11:58

    Engels condenou a homossexualidade no seu livro “A Origem da Família, da Propriedade Privada e do Estado”, descrevendo-a como algo “moralmente deteriorado”, “abominável”, “repugnante” e “degradante”. Partilhando aparentemente da perspectiva de Engels, Marx escreveu que “a relação entre o homem e a mulher é a relação mais natural de ser humano com ser humano”. Para ele a deputada seria uma“bichona desprezível”. Vários escritores comunas continuam a considerar o comportamento como degenerescência produzida pelo Capitalismo e passível de cura pelo Socialismo. De acordo com Engels, os “princípios morais naturais” floresceriam no futuro socialista, quando a “monogamia (heterossexual), ao invés de definhar, se transformaria em realidade – também para o homem – e a homossexualidade simplesmente desapareceria”.
    Acontece que o mundo dá muitas voltas e os votam contam muito para quem gosta de levar boa vida na central de negócios. O berloque percebeu isso bem cedo e obrigou outros a tomar uma atitude mais tolerante, pelo menos na aparência.
    O tio vladimir não as poupava:
    “Parece-me que esta superabundância de teorias sobre sexo brota do desejo de justificar a própria vida sexual anormal ou excessiva do indivíduo ante a moralidade burguesa e reivindicar tolerância para consigo… Não importa quão rebeldes e revolucionárias aparentam ser; essas teorias, em última análise, são completamente burguesas (…)
    Não há lugar para elas no partido, na consciência de classe e na luta proletária”.

    Liked by 2 people

  11. A. R permalink
    16 Julho, 2017 12:02

    Quando se usa um orifício corporal destinado a defecar como tema sexual de ordens dos médicos, políticos, opinadores e outra tralha percebemos a fossa nauseabunda a que chegámos

    Liked by 1 person

  12. criacionista de cascais permalink
    16 Julho, 2017 12:03

    aguardo ansiosamente a defesa apaixonada do direito a ensinar que a terra é plana por parte do vitor

    Gostar

    • 16 Julho, 2017 12:29

      Não quero competir com a ciência socialista.

      Liked by 3 people

    • Tiradentes permalink
      16 Julho, 2017 14:49

      segundo o Molusco Nove Dedos da Silva, emérito socialista bolivariano o pòbrema da terra é exactamente esse…..porque se ela fosse quadrada não teríamos póbrema nenhum.

      Gostar

    • The Mole permalink
      17 Julho, 2017 13:02

      C. de Cascais,

      Vá aguardando pois esse direito já existe… tal como os esquerdalhos e outros mentecaptos têm o direito de ensinar que é tudo “normal”: mas tanto num caso como no outro, só os imbecis é que acreditam e vão na conversa.

      Gostar

  13. Manuel permalink
    16 Julho, 2017 12:14

    Impressionante o número de comentários no JN: 1113! Parece que estamos no Brasil ou na América onde os post atingem os milhares de comentários. Que Deus o guarde dr Gentil Martins. Se fosse jornalista pedia já nova entrevista ao Dr.

    Liked by 2 people

  14. rão arques permalink
    16 Julho, 2017 12:20

    Na metalomecânica não há que enganar:
    Porca e parafuso para dar aperto é que fazem parelha.
    Caixas só com umas ou outros são reservas de armazém.

    Gostar

  15. Procópio permalink
    16 Julho, 2017 12:34

    O governo da Alemanha de Leste encarava as relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo como resquícios da decadência burguesa, um sinal de fraqueza moral e uma ameaça à saúde social e política da nação. Os comunas lá no fundo vêem as minorias sexuais como improdutivas. Muitos foram forçados a aderir a programas de “reeducação” que envolviam trabalhos forçados, terapia de conversão, drogas psicotrópicas e confinamento em hospitais psiquiátricos.
    En Cuba logo que o tio fidel tomou o poder “iniciou-se a perseguição, com a construção de campos de concentração… o ato sexual tornou-se um tabu enquanto era proclamado o ‘novo homem’ e exaltada a masculinidade”. Programas similares de “reforma moral” foram instituídos na URSS, na China Comunista e na Alemanha Oriental como parte da construção de uma sólida fundação para as novas repúblicas socialistas.
    Foram banidas associações – comunitárias e políticas – de lésbicas e gays e impediram a publicação de materiais gays e lésbicos.
    As cambalhotas vêem depois. Com o alfobre de votos na mira, justificam o volte face tal como a passagem abrupta do internacionalismo proletário para o patriotismo léria.
    “Defender os LGBTs hoje é fazer justiça social e corrigir um erro perpetrado séculos a fora”.

    Camaradas, não vá o diabo tecê-las, cuidado com a correção “excessiva” dos erros.
    Mais recentemente, na Florida em 12 de junho de 2016 m extremista islâmico, filiado no partido democrático, abriu fogo dentro de uma boîte homossexual lotada ao domingo, matando pelo menos 50 pessoas antes de ser morto pela polícia. Foi a pior matança a tiros da história dos EUA.
    Contas de Twitter com ligação com o Estado Islâmico aclamaram a matança.
    O apoio dado aos islamistas por parte de algumas franjas tem o seu quê de suicidário.

    Gostar

  16. piscoiso permalink
    16 Julho, 2017 12:52

    Como cirurgião plástico que é, nem sei como consegue alterar o tamanho do nariz das pessoas que lhe aparecem com essa “anomalia”.

    Gostar

    • 16 Julho, 2017 12:59

      Ou excertos de pele aos feridos de Pedrógão Grande. Vamos discutir isso.

      Liked by 2 people

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      16 Julho, 2017 13:47

      São anomalias que têm tudo a ver uma com a outra. É isso e válvulas cardíacas avariadas, transplantes de coração ou fígado, ressecções oncológicas, tudo igual. Igualzinho!

      Gostar

    • Tiradentes permalink
      16 Julho, 2017 14:53

      é esta ciência que faz da gravidez uma doença, a homossexualidade uma normalidade cromossomática (entre outras) que hoje impera nos hemisférios cerebrais desconectados e incapazes de relacionarem pensamentos que não sejam só os binários e sempre “sociológicamente falando.

      Gostar

    • The Mole permalink
      17 Julho, 2017 13:15

      Que comentário mais incoerente… se fossem os tais narizes “normais” não precisavam de correcção e não me parece que seja o Gentil Martins quem acha tudo “normal”. Esse comentário podia-se aplicar a qualquer histérico PS/BE com muito mais propriedade.

      Por outro lado, se a mariquice fosse normal nem era assunto (nem por parte dos próprios sequer!).

      Gostar

  17. 16 Julho, 2017 12:58

    Segundo a teoria evolucionista em vigor a selecção natural da espécie humana acontece porque o nosso ADN nos predispõe biologicamente para interagirmos entre sexos com vista à reprodução e selecção da espécie. A atracção mutua entre sexos diferentes tem a sua explicação cientifica nesta teoria. Como tal a homosexualidade à vista da biologia é uma anomalia pois não contribui para a evolução da espécie humana. Independente da tolerância que a sociedade deve ter para com os homossexuais, estes também devem aceitar e ser tolerantes para quem não faz a promoção do seu estilo de vido. Caso contrario, a seguir ao Dr Gentil Martins terão que pedir a censura dos livros de biologia e a prisão dos defensores da teoria da evolução espécie humana.

    Liked by 1 person

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      16 Julho, 2017 13:51

      JC, mas a ciência foi substituída pela política doutrinária. A biologia, em especial, nunca foi tão desacreditada por não dar crédito às crenças desta malta. Bem tentaram já dizer que no mundo animal também há homossexualidade, mas nunca se provou tal. os comportamentos que lhes parecem isso são outra coisa. Tudo facilmente desmontável. Por isso, não podem ver a biologia e já a transformaram em cartomancia também. Isto é malta disposta a tudo!

      A OMS retirou a homossexualidade da lista de doenças por pressão política, nada mais.

      Gostar

  18. 16 Julho, 2017 12:58

    A Isabel Moreira sempre na linha da frente da luta pelos desprotegidos da sociedade. Feliz sociedade, a dela – onde não há fome nem pobreza, não há falta de saúde pública ou educação de qualidade, nem gente a arder na estrada. Feliz sociedade esta em que os pseudodireitos dos gays se sobrepoem à liberdade de qualquer um expressar a sua livre opinião.
    Mas a Isabel defende a livre expressão das suas idéias e opiniões. Se ela pode, porque não o Dr. Gentil Martins? Uma pessoa por ser gay é automáticamente um cidadão privilegiado?

    Liked by 2 people

    • Manuel permalink
      16 Julho, 2017 13:15

      Espera pelas outras esquerdistas de causas que estão a escrever para segunda-feira, já estou com sintomas de vómito.

      Gostar

    • Tiradentes permalink
      16 Julho, 2017 14:55

      Esta a falar daquela velha gorda que dá consultas de nutricionismo a mais de 100 euros depois de por bombas revolucionárias?

      Gostar

  19. 16 Julho, 2017 13:15

    Óptimo post.

    A partir do cu de judas Tancos, quiseram derrubar o governo. Quem ? O coronel maçon Vasco Lourenço explica numa opinião encomendada: O roubo em Tancos foi “encenado com mãozinhas dos serviços de informação”. “Foi um plano para derrubar o governo”. Etc., etc.
    in Jornal Económico, recomendo a leitura.

    Gostar

  20. Expatriado permalink
    16 Julho, 2017 13:17

    Essas gajas não sabem que o chouriço português é muito superior aos cilindros de plástico, com que ocupam os tempos livres, comprados na loja chinesa…

    Gostar

    • The Mole permalink
      17 Julho, 2017 13:23

      E com a vantagem de não ter toxinas por não ser produto do “capitalismo-selvagem-que-deu-cabo-do-ambiente”…

      Gostar

  21. Procópio permalink
    16 Julho, 2017 13:21

    O Dr. Gentil Martins é uma personalidade muito acima do lodo em que o sítio vegeta.
    Quem mergulha no lodo tem dificuldade em comentar com objetividade algo que não esteja circunscrito ao pensamento único da praxe. Sejam os narizes disformes postos ao largo.

    Gostar

  22. 16 Julho, 2017 13:22

    A melhor ofensa que se pode dizer a um gay: “vai levar no cu !”

    Gostar

  23. 16 Julho, 2017 13:47

    Excelente post sobre um tema interessantíssimo, sobre o qual (não) se pode (como se vê) opinar livremente…

    Gostar

  24. M.C. permalink
    16 Julho, 2017 14:33

    “Tem tudo a ver com a rosa e os seus botões…”

    Há os que preferem o bife tártaro ou arroz de cabidela…mas gostos não se discutem !

    Gostar

  25. 16 Julho, 2017 14:37

    Eu só gostaria de lembrar à malta do progresso que estamos a viver no ano 17 do novo século , ano 17. Aproveitem porque só têm mais 16 anos de paródia…

    Gostar

  26. 16 Julho, 2017 16:35

    Em rodapé no post: Roger Federer o campeoníssimo. Conquistou hoje em Wimbledon o oitavo título e o 19º no Grand Slam. Atleta e desporto de altíssimo nível.
    (Não digam isto ao MCThomaz e ao AC-DC, senão convidam o RF para vir a Belém, condecoram-no e exibem-no na véspera das autárquicas como triunfo tuga, ou do Medina, ou do Pizarro).

    Gostar

  27. By Fanan permalink
    16 Julho, 2017 18:59

    Brilhante. Vamos a caminho do casamento com os bichos. Só não precisávamos ir tão depressa.

    Gostar

  28. Arlindo da Costa permalink
    16 Julho, 2017 20:06

    Anomalia – e bem grande! – é afirmar que a homessexualidade é uma anomalia 🙂

    Gostar

    • 16 Julho, 2017 20:17

      Obviamente que não se referia a sua casa.

      Liked by 1 person

    • Tiradentes permalink
      16 Julho, 2017 20:47

      falou o geneticista ar lindo

      Gostar

    • Tiradentes permalink
      16 Julho, 2017 20:50

      Se não o é porque é que o pai da revolução os “emparedava” ou os punha em campos de trabalhos forçados na ilha da revolução?? O meu tio Vladimir dizia que era uma excrecência burguesa e que os burgueses tinham de ser extreminados. Ai ai , já estarias a fazer tijolo Ar Lindo.

      Gostar

  29. A. R permalink
    16 Julho, 2017 20:16

    Em Cuba os ditos iam a educar a um campo que dizia “trabalhar faz-te homem”; Allende desprezava-os …. mas agora a esquerda está irreconhecível!

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      16 Julho, 2017 20:51

      a esquerda não homossexualizou-se, a esquerda apaneleirou-se

      Gostar

  30. carlos alberto ilharco permalink
    17 Julho, 2017 11:34

    Segundo sempre ouvi dizer o 25 de Abril terminou com a ditadura e colocou Portugal como país democrático.
    A essência da democracia é a liberdade da palavra.
    O que Gentil Martins disse pode ser combatido com isso mesmo, palavras e ideias..
    Levantar-lhe um processo, a um cidadão que por acaso é médico, mostra em que país estamos a viver.
    Que quem esteja a fazer isto possa ser aplaudido por uma boa quantidade de pessoas, assusta.

    Gostar

    • The Mole permalink
      17 Julho, 2017 13:27

      Eu sempre ouvi dizer para não acreditar em tudo o que se ouve dizer…

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: