Saltar para o conteúdo

O seu orgasmo será televisionado

30 Março, 2020

Foi decidido pelas autoridades que as pessoas devem permanecer em casa. É compreensível que muitas não entendam a decisão, que a temam, assim como é compreensível que muitos a tentem furar saindo para passeios fora dos parâmetros estipulados para as vindas à rua. As considerações sobre o que considero de quem fura o isolamento deixo para mim próprio. O que não consigo deixar para mim próprio é o que penso das demonstrações de “virtude” que todo e qualquer um sente que deve impor aos seus “amigos” via esse cancro incurável que são as redes sociais.

Se não quereis ficar em casa, ide onde quiserdes, mas poupai-nos as considerações sobre a vossa imensa virtude de epidemiologista de internet. Já me basta que uma especialista em saúde pública com imensa responsabilidade política, a doutora Graça Freitas, apareça no início do mês de Março – com a crise italiana em plena aceleração – a dizer que devemos ir visitar os velhinhos ao lar, coisa que sinto que acabo por fazer todos os dias em que a doutora Graça Freitas nos aparece na televisão a demonstrar o conceito de pré-senilidade.

Quereis ir à praia? Ide. Se vos julgais melhores que os outros, ide, força, fight the system e toda essa treta de adolescente tardio. Contudo, fazei-o com a descrição que o individualismo egoísta de Rand defende. Anunciar ao mundo inteiro que se vai à praia é que é em tudo semelhante a televisionar o orgasmo e eu gosto de escolher a pornografia que consumo.

7 comentários leave one →
  1. Ana Vasconcelos permalink
    30 Março, 2020 14:46

    O problema é que ficar em casa, embora seja boa ideia, só torra a economia e não trava a pandemia. Senão vejamos: 5ª feira, por volta das 22.30, na SIC dizia-se que 95% dos doentes estão a “recuperar” em casa. Ou seja estão em casa a infectar a família. As pessoas que fazem teste e dá positivo, diz-se que ficam de quarentena, mas não se diz onde. Se se fazem poucos testes as pessoas podem estar infectadas em casa e a infectar a família. Fazer operações stop faz com que policias e publico tenham que interagir espalhando o vírus se alguém estiver infectado. Para já não falar nos lares de idosos. Os idosos se estavam nos lares não apanharam o vírus por andarem a passear, mas já estão todos infectados. A resposta nestes casos é tardia e confusa denotando que o governo não sabe o que fazer. Ninguém usa máscara ao contrário da China onde todos usam máscara.
    Ficar em casa é importante, mas nestas circunstâncias, estão muitas pessoas a infectar-se umas às outras em suas casas e ninguém parece perceber isso. Vai ser fatal.

    Gostar

  2. Manuel Antoni permalink
    30 Março, 2020 15:42

    Discordo da sua opinião.

    Gostar

  3. Weltenbummler permalink
    30 Março, 2020 15:57

    ao ver PR e pm juntos recordo os filmes de bucha e estica

    Gostar

  4. Zé Manel Tonto permalink
    30 Março, 2020 16:33

    Isto não é a peste negra. Recolher obrigatório, controlo da população por causa disto é ridiculo. Não estamos a falar de uma doença com 95% de taxa de mortalidade e que, segundo relatos da época, se uma casa tivesse um infectado, todos morriam no prazo de 9 dias.

    Mas o povinho acredita nas tretas que a tv martela e que lê no facebook.

    Quando isto acabar, boa parte da liberdade que ainda susbsistia vai estar perdida para sempre.

    Gostar

    • 30 Março, 2020 17:16

      Pode até ser, mas se incluir a liberdade de ir para as redes sociais dizer que vai para a praia porque é seguro uma vez que os outros não vão, nessa tal liberdade não se perde nada.

      Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        30 Março, 2020 21:03

        Isso não sei. Não tenho redes sociais, nem gosto de praia. Acredito que seja como diz, e essa liberdade não é importante.

        Já a liberdade de ir tomar um café, ir trabalhar sem a polícia querer saber onde vou, ou não ter o Estado a saber dos meus movimentos através de GPS no telemóvel (como alguns países já fizeram, e o portugês é de modas, prepare-se)…
        Custa-me um bocadinho mais abdicar dessas.

        Gostar

  5. Pedro Cruz permalink
    30 Março, 2020 18:13

    Meu Caro Vítor Cunha,
    É claro que me ri, mas preferia não ter rido; nem lido; Aliás, desconfio que você, pensando bem, talvez tivesse querido não ter escrito a parte final do 2º parágrafo…
    A estupidez e a incompetência merecem ser vergastadas a golpes de sarcasmo; mas ninguém tem culpa da quantidade de anos que já dobrou. De resto, não é o Vítor quem tem visitado a velhinha, ela é que o tem visitado a si. Desconfio que, por detrás da S/ má-vontade, está o facto dela não lhe ter levado uns bolinhos ou um frasquinho de compota caseiros.
    Pedro Cruz

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: